José Roberto Guimarães - São Paulo-Barueri
Foto: Igor Amorim / São Paulo

O São Paulo decidiu finalizar a parceria com a equipe feminina de vôlei do Barueri após chegar a um acordo para o pagamento das dívidas referentes ao projeto com o técnico José Roberto Guimarães.

Nesta última terça-feira (12), aconteceu uma reunião entre a diretoria Tricolor e o treinador, que também é patrocinador do time, para chegar a um acordo em relação ao pagamento das pendências que o São Paulo tinha se proposto a fazer quando firmou a parceria em 2019.

Guimarães chegou a pagar algumas despesas do próprio bolso, visto que o Tricolor passou por problemas financeiros e acabou não conseguindo arcar com a sua parte no acordo, além de não conseguir os patrocinadores que almejava.

Os valores não foram divulgados, mas o presidente Julio Casares vinha dizendo em entrevistas que pagaria este valor, o que já começou a acontecer neste mês.

Sobre as dívidas, José Roberto Guimarães chegou a dizer em entrevista ao UOL:

“Esse projeto está vivo por uma questão de amor ao esporte, por uma questão de acreditar que um dia tudo vai ser melhor, por acreditar nas pessoas, por trabalho, dedicação, atitude. Eu não ganho nada do projeto. Boto do bolso. Estou aqui porque eu gosto, vejo os olhos de cada uma. Levanto cedo porque sei que eu preciso estar aqui”.

E finalizou:

“Eu não consigo levar (para a temporada 21/22). Eu não dou conta. Eu não posso bancar de novo. Não posso fazer isso com a minha família. Eu posso trabalhar de graça, posso ceder o espaço, mas não posso ficar bancando o time. Eu não tenho cabeça para isso mais.”

São Paulo/Barueri conseguiu a classificação para os playoffs da Superliga Feminina de Vôlei de 2021, porém foi eliminado para o time do Dentil Praia Clube.

No entanto, a parceria foi rompida entre o São Paulo e a equipe de vôlei do Barueri que seguirá as suas atividades normalmente e está se reforçando para o início da nova temporada.

Fonte: Eduardo Rodrigues e Erica Hideshima / Globo Esporte

Post anteriorRessentimento com a torcida Tricolor? Daniel Alves responde
Próximo PostProvável inspiração para nova terceira camisa do São Paulo circula na internet
Vanessa Dias, 25 anos e sou de Araras, interior de São Paulo. Formada em Relações Públicas, especialista em Mídias Digitais e apaixonada por futebol desde que me conheço por gente. Sou parte do time desde o começo de 2018, onde trabalhamos todos os dias para que a torcida esteja sempre em conexão com o clube do coração.