Formiga fala sobre eliminação da Seleção Brasileira Feminina nas Olimpíadas de Tóquio
Foto: Sam Robles / CBF

Duda e Formiga foram as representantes do Tricolor nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Formiga, jogadora do São Paulo, participou da sua sétima e última Olimpíada vestindo a camisa da Seleção Brasileira que foi eliminada pelo Canadá nas quartas de final após empatar em 0x0 no tempo regulamentar e perder nos pênaltis por 4×3.

Após o jogo, a atleta falou sobre a eliminação e afirmou que uma batalha foi perdida, mas a guerra continua.

“Gostaria de estar feliz nesse momento, fazendo mais de 100 jogos, última Olimpíada, querendo a classificação. Mas pênaltis e o futebol como um todo são assim, acontece. Agora é levantar a cabeça, encarar novos jogos, novos campeonatos. Foi o que disse a elas: perdemos uma batalha, mas a guerra continua. Vamos continuar trabalhando e dando sempre o nosso melhor e tenho certeza que essa nova oportunidade de ganhar uma Olimpíada vai acontecer o quanto antes”.

A jogadora de 43 anos conquistou a medalha de prata nas edições de 2004 e 2008 dos Jogos Olímpicos e agora diz que é preciso olhar para o futuro porque tem mais competições pela frente.

“Temos o Mundial pela frente e precisamos acelerar esse processo. É o que disse a elas: futebol é isso, alguém ganha, alguém perde, mas a gente precisa sempre pensar à frente, se cuidar, porque o trabalho vai continuar. Não faltou empenho, não faltou entrega. E tenho certeza que é daqui para melhor.”

A Seleção Feminina disputa a Copa América em julho de 2022, competição que dá três vagas para a Copa do Mundo que acontece em 2023 na Austrália e Nova Zelândia.

A Formiga e a Duda foram as duas representantes do São Paulo na Seleção Brasileira de Futebol Feminino nas Olimpíadas de Tóquio. Agora, ambas retornam ao Brasil para ajudar o São Paulo nas disputas das quartas do Brasileirão e início do Campeonato Paulista. O estadual começa no dia 11 de agosto. 

Post anteriorPresidente do São Paulo testa positivo para Covid-19
Próximo PostLuciano deve desfalcar o São Paulo contra o Palmeiras
Vanessa Dias, 25 anos e sou de Araras, interior de São Paulo. Formada em Relações Públicas, especialista em Mídias Digitais e apaixonada por futebol desde que me conheço por gente. Sou parte do time desde o começo de 2018, onde trabalhamos todos os dias para que a torcida esteja sempre em conexão com o clube do coração.