Os 10 maiores treinadores da história do São Paulo

O São Paulo Futebol Clube é um dos clubes mais bem-sucedidos do futebol mundial, com inúmeros títulos nacionais e internacionais em sua história. Essas conquistas não teriam sido possíveis sem a contribuição de grandes treinadores que passaram pelo clube ao longo dos anos.

Desde Vicente Feola, técnico da Seleção Brasileira campeã da Copa do Mundo de 1958, até Telê Santana, que levou o São Paulo a dois títulos da Copa Libertadores e dois títulos do Mundial de Clubes, muitos treinadores marcaram suas passagens pelo clube e contribuíram para a construção de uma história vitoriosa.

Além deles, nomes como Muricy Ramalho, Osvaldo Brandão e Cilinho também deixaram suas marcas no São Paulo com suas conquistas e filosofias de jogo. Neste sentido, listar os maiores treinadores da história do São Paulo FC é uma tarefa desafiadora, mas esses nomes abaixo, certamente merecem ser lembrados e reconhecidos pelos seus feitos à frente do clube.

Joreca

Joreca, treinador do São Paulo
Joreca, treinador do São Paulo

Técnico com o melhor desempenho percentual de pontos ganhos na história do clube (72,87%) e o terceiro treinador que venceu mais títulos oficiais pelo São Paulo (três), Joreca, português de nascimento, consagrou-se no Brasil com a montagem do melhor time de sua época, o “Rolo Compressor”. Sua maior façanha foi a conquista do Campeonato Paulista de 1946 de forma invicta – até hoje a única do Tricolor – foram 17 vitórias e três empates em 20 jogos.

1943-1947
Nascimento: 07/01/1904
Falecimento: 05/12/1949
Títulos conquistados no SPFC: Campeonato Paulista de 1943, 1945 e 1946


Vicente Feola

Vicente Feola, campeão do mundo em 1958
Vicente Feola, campeão do mundo em 1958

Bonachão, Vicente Feola foi o responsável pela primeira conquista do futebol brasileiro no cenário internacional – a Copa do Mundo de 1958, na Suécia – sendo também o comandante do São Paulo FC no período. Tão identificado com o Tricolor, assumiu o clube por oito vezes, e foi campeão paulista por duas vezes, em 1948 e 1949. Feola lidera o ranking de técnicos que mais vezes dirigiram a equipe: 532 jogos.

1937 à 1960 (em várias passagens).
Nascimento: 01/11/1909
Falecimento: 06/11/1975
Títulos conquistados no SPFC: Campeão Paulista de 1948 e 1949.


Bela Guttmann

Bela Guttmann, lenda do futebol
Bela Guttmann, lenda do futebol

O húngaro Béla Guttmann, nascido em Budapeste, revolucionou o futebol mundial ao lançar um novo sistema tático de jogo. No São Paulo, seus métodos de treinamento também causaram, a princípio, muita estranheza. Foi dele a idéia de se adotar a divisão das traves em zonas numeradas para se treinar a pontaria dos atacantes. Também implantou o treinamento tático e técnico com o uso de várias bolas em campo (ou seja, cada jogador com sua bola). Foi Campeão Paulista de 1957, quando voltou à Europa e se consagrou no Benfica.

1957-1958
Nascimento: 26/01/1899
Falecimento: 28/08/1981
Títulos conquistados no SPFC: Campeão Paulista de 1957


José Poy

Poy, ídolo em campo e fora dele
Poy, ídolo em campo e fora dele

Entre os principais feitos do goleiro e técnico são-paulino Jose Poy está o recorde de invencibilidade do São Paulo. Foram 47 jogos sem derrota com Poy no banco de reservas (36 vitórias e 11 empates) de 1974 a 1975. O argentino, nascido em Rosario, era temido pelos atletas por sua ridigez. Muricy Ramalho sempre lembrava das broncas e das regras de Poy, que implicava com as madeixas compridas de Muricy, moda na época.

1964-1965, 1971-1972, 1973-1976
Nascimento: 16/04/1926
Falecimento: 08/02/1996
Títulos conquistados no SPFC: Campeão Paulista de 1975.


Carlos Alberto Silva

Carlos Alberto Silva, bicampeão pelo SPFC
Carlos Alberto Silva, bicampeão pelo SPFC

Carlos Alberto Silva foi campeão brasileiro pelo Guarani em 1978, surpreendendo o país e medalha de prata com a seleção brasileira nas Olimpíadas de Seul em 1988, foi um treinador vitorioso que passou pelo São Paulo, primeiro em 1980 e depois em 1989, conquistando o Paulistão nas duas ocasiões. Foi também responsável por uma mudança que fez o Tricolor “descobrir” um dos maiores zagueiros de sua história, quando mudou o posicionamento de Dario Pereyra do meio de campo para a defesa. Teve êxito também no exterior, sendo duas vezes campeão da Liga e vencendo uma Supercopa em Portugal com o FC Porto.

1980-1981 e 1989-1990
Nascimento: 14/08/1939
Falecimento: 20/01/2017
Títulos conquistados no SPFC: Campeão Paulista de 1980 e 1989.


Rubens Minelli

Minelli, primeiro campeão nacional
Minelli, primeiro campeão nacional

Rubens Minelli era então bicampeão brasileiro pelo SC Internacional em 1975/76 quando o São Paulo o convenceu a assumir uma equipe aguerrida, mas com pouco prestígio entre os comentaristas esportivos da época. Surpreendendo a todos, o time dirigido por ele desbancou o favorito Atlético Mineiro, no Mineirão, de forma épica na disputa de pênaltis, utilizando-se inclusive de artimanhas psicológicas como mandar Serginho Chulapa, suspenso, viajar para Belo Horizonte e aparecer no vestiário como se estivesse apto a jogar, desestabilizando o time rival.

1977-1979
Nascimento: 19/12/1928
Títulos conquistados no SPFC: Campeão Brasileiro de 1977.


Cilinho

Cilinho, mentor dos Menudos do Morumbi
Cilinho, mentor dos Menudos do Morumbi

Cilinho se consagrou no São Paulo ao montar a equipe que viria a ser conhecida como “Menudos do Morumbi”. Formado pela mescla de jovens revelações, como Müller, Silas e Sidnei, e jogadores experientes, como Falcão e Pita, sua equipe jogava bonito e rapidamente conquistou a torcida, além de muitos títulos. Um futebol que encantou o Brasil com muita velocidade e habilidade.

1984-1986 e 1987-1989
Nascimento: 09/02/1939
Falecimento: 28/11/2019
Títulos conquistados no SPFC: Campeão Paulista de 1985 e 1987.


Paulo Autuori

Autuori, campeão do mundo em 2005
Autuori, campeão do mundo em 2005

Paulo Autuori chegou ao clube em meio àquela que era, até então, a competição mais importante do ano: a Libertadores da América. Levou seu “Time de Guerreiros” não apenas ao topo do continente, mas ao título mundial – o terceiro na história do Clube. Seu perfil sereno e perseverante estará para sempre marcado junto à terceira estrela vermelha do escudo são-paulino.

2005
Nascimento: 25/08/1956
Títulos conquistados no SPFC: Campeão da Libertadores da América 2005 e do Mundial de Clubes Fifa 2005


Muricy Ramalho

Muricy, tricampeão brasileiro no SPFC
Muricy, tricampeão brasileiro no SPFC

Prata da casa, Muricy foi auxiliar de Telê Santana nos anos 90. Em 1994 comandou o Expressinho, campeão da Copa Conmebol daquele ano. Com o afastamento do Mestre assumiu o time principal, sendo campeão da Copa Master Conmebol de 1996. Saiu em 1997, retornando 9 anos depois para levar o São Paulo FC a um feito inédito na história do clube – um tricampeonato seguido, com um sabor todo especial por ser um Tricampeonato Brasileiro (2006, 2007 e 2008). Com campanhas épicas, variando de conquistas seguras obtidas com várias rodadas de antecipação à façanha de vencer um campeonato após matemáticos lançarem apenas 1% de chances de triunfo. Retornou ao clube nos braços da torcida em setembro de 2013, quando o time estava entre os piores colocados do Campeonato Brasileiro. Afastou o risco de rebaixamento no torneio nacional e levou o time à semifinal da Copa Sul-americana. Em 2014, comandou a equipe no vice-campeonato do Brasileiro. Afastou-se em abril de 2015 por problemas de saúde.

1993, 1996-1997, 2006-2009, 2013-2015
Nascimento: 30/11/1955
Títulos conquistados no SPFC: Campeão Brasileiro de 2006, 2007 e 2008; Campeão da Copa Conmebol de 1994 e da Copa Master Conmebol de 1996.


Telê Santana

Mestre Telê Santana, o maior de todos!
Mestre Telê Santana, o maior de todos!

Este espaço é pouco para descrever tudo o que este grande técnico fez pelo clube. Telê teve duas passagens pelo Tricolor (1973 e 1990-1996), e é o técnico mais vencedor da história são-paulina. Ao todo foram dez títulos oficiais conquistados, incluindo os bicampeonatos da Taça Libertadores da América e do Mundial Interclubes, que elevaram o nome do São Paulo FC a um patamar nunca antes atingido. Eterno ídolo da torcida, que até hoje canta seu nome nos jogos do time, sua marca registrada era a disciplina imposta a seus comandados. Tudo em prol da perfeição técnica, alcançada mediante treinamento constante e rigidez de conduta.

1973 e 1990 – 1996
Nascimento: 26/07/1931
Falecimento: 21/04/2006
Títulos conquistados no SPFC: Campeão Mundial Interclubes 1992 e 1993; da Taça Libertadores da América 1992 e 1993, da Supercopa Sul-americana de 1993; da Recopa Sul-americana de 1993 e 1994, do Campeonato Brasileiro de 1991 e do Campeonato Paulista de 1991 e 1992.


Nosso eterno agradecimento a estas lendas e todos aqueles que ajudaram a construir a história do São Paulo FC!

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter. Conheça a nossa Loja.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você concorda com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais