O São Paulo entrou em campo hoje no Pacaembu contra o Guarani e tomou um gol logo no início com William Matheus que desviou de cabeça após cobrança de escanteio e falha da marcação Tricolor. Depois disso, até o final da partida só deu São Paulo que só no primeiro tempo obteve 72% de posse de bola, no entanto sem efetividade na finalização.

As primeiras chances do primeiro tempo foram com Éverton em um chute que o goleiro fez uma bela defesa, em outra na cobrança de falta de Reinaldo que explodiu no travessão, com Helinho que chutou para fora após boa jogada de Reinaldo e cruzamento de Éverton. E, no final, ainda teve um gol anulado de Pablo que estava impedido.

Aos 26 minutos, Hudson entrou no lugar de Jucilei que saiu machucado após entrada dura do jogador do Guarani.

Já na segunda etapa, o São Paulo continuou pressionando e a torcida pedindo a entrada de Hernanes, até que aos 18 minutos o técnico Jardine decidiu atender aos pedidos e colocou-o na partida no lugar de Anderson Martins e realocou Hudson para fazer a função na zaga.

A última substituição aconteceu aos 27 minutos com a entrada de Nene, mas no final partida o Tricolor ficou com 10 jogadores em campo, uma vez que Liziero sentiu lesão e não conseguiu mais voltar ao jogo.

Em resumo, com o gol logo no início o Guarani recuou e o São Paulo teve domínio no quesito posse de bola, todavia não obteve muitas criações de jogadas, o que impossibilitou a efetividade nas finalizações e o resultado foi mais uma derrota no Campeonato Paulista.

O Tricolor segue líder no seu grupo com 6 pontos. A próxima partida é contra o São Bento no Pacaembu no domingo, 03 de fevereiro, às 17h.


Foto: Rummens