Após deixar o São Paulo, Dorival Júnior tem atitude que irrita diretoria Tricolor

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Dorival Júnior deixou o São Paulo para aceitar o convite da CBF e assumir a Seleção Brasileira e quis levar consigo Muricy Ramalho, coordenador técnico do Tricolor, que negou o convite.

Todavia, outros profissionais do clube do MorumBIS foram chamados pelo treinador e aceitaram a solicitação, são eles João Marcos Pereira Soares, chefe da análise de mercado, Guilherme Lyra, chefe da análise de desempenho, e Pedro Campos, preparador físico da comissão permanente.

Segundo a ESPN, Lyra e Soares já estão em fase de transição para deixar o Tricolor e começar pela Seleção em março. Já Pedro irá para a disputa dos amistosos contra Inglaterra e Espanha no final no próximo mês. Todavia, o clube já trabalha com a ideia de perdê-lo para a Copa América no meio do ano.

A atitude de Dorival irritou a diretoria são-paulina que tentará suprir a vaga deixada por Guilherme Lyra com algum profissional que já atue no clube, provavelmente vindo da base. Para os dois outros casos, profissionais deverão ser entrevistados.

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter.

Compartilhe esta notícia
Comente!