Janela europeia fecha, e previsão orçamentária do São Paulo pode prejudicar elenco em 2023; entenda

Foto: Paulo Pinto / saopaulofc.net

Na última terça-feira, último dia de janeiro de 2023, a janela da maioria dos mercados da Europa se fechou. O São Paulo passou ileso por ela, sem perder qualquer atleta do elenco profissional. Apesar de parecer algo bom, haja vista o elenco reformulado após as decepções da temporada passada, esse fato pode trazer adventos e problemas para o técnico Rogério Ceni na metade do ano. E isso se deve ao fato de que o Tricolor Paulista tem uma meta orçamentária a ser cumprida com negociações.

Para o corrente ano, o São Paulo previu um montante de 135 milhões de reais com alienação de atletas. Dois dos alvos constantes do plantel são o volante Pablo Maia, o meia Rodrigo Nestor e o lateral-esquerdo Welington – todos formados nas divisões de base do clube, em Cotia. Ainda estão abertas as janelas de Portugal e Turquia, que se fecham, respectivamente, nos dias 2 e 8 deste mês. Caso não venda ninguém, o Tricolor pode enfrentar problema com a perda de atletas na próxima janela, que ocorre no meio do ano, o que pode prejudicar o time, com a saída em momentos decisivos da temporada.

Conformações do jornal Lance! do Globo Esporte. Confira aqui e aqui.

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter.

Compartilhe esta notícia