Preparação Libertadores: São Paulo 2×1 River Plate – 2016

Na próxima quinta-feira (17), reencontraremos o River Plate na Libertadores, dessa vez pela 3ª rodada da fase de grupos da edição deste ano da competição.

Então, vamos relembrar um não tão distante confronto que tivemos contra os argentinos, e para isso voltaremos em 2016.

Era noite de Libertadores e mais de 50 mil torcedores estavam no Morumbi para assistir São Paulo e River Plate na noite de 13 de abril de 2016 em um jogo decisivo pela 5ª rodada da fase do torneio continental.

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

O Tricolor vinha de uma boa vitória em cima do Trujillanos, da Venezuela, por 6×0, no que foi a maior goleada da história do Tricolor na competição internacional. Então, novamente no Morumbi recebeu os argentinos para esse confronto que ficou marcado na memória do torcedor são-paulino.

O time que entrou em campo escalado pelo técnico Edgardo Bauza foi: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, João Schmidt e Paulo Henrique Ganso; Michel Bastos, Kelvin e Calleri.

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Desde o início, o São Paulo foi para cima empurrado por sua torcida até que aos 28 minutos conseguiu tirar o 0 do placar com ele, Calleri, que já tinha feito 4 gols na última rodada da Libertadores, e ampliou a sua marca ao receber cruzamento de Bruno, dominar e chutar para o fundo das redes e fazer São Paulo 1×0 River Plate.

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Os argentinos tentaram ir para cima, mas não obtiveram sucesso contra a defesa cheia de garra do São Paulo. E foi isso.

Na segunda etapa, logo aos 14 minutos, quem apareceu de novo em uma noite iluminada foi Calleri que, após cobrança de falta de Michel Bastos, cabeceou e ampliou o placar para os donos da casa. São Paulo 2×0 River Plate e o Morumbi em festa!

Aos 16 minutos aconteceu uma confusão que envolveu o Calleri e Vangioni, mas que movimentou até mesmo os atletas do banco de reservas de ambas as equipes. Ao final de tudo, o camisa 12 do São Paulo levou amarelo e o jogador do River Plate foi expulso.

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

O River chegou a diminuir aos 37 minutos com Alonso de cabeça e próximo ao final, João Schmidt recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, fazendo com que o Tricolor segurasse a pressão dos argentinos até o final e assim aconteceu. O árbitro apita, é fim de jogo, e o São Paulo vence por 2×1.

Com a importantíssima vitória, o Tricolor chegou à vice-liderança do Grupo 1 e precisava apenas de um empate para se classificar para a próxima fase e o jogo seguinte seria fora de casa contra o The Strongest, em La Paz, na Bolívia.

Esse confronto que também ficou para a história estará em um próximo texto aqui no Arquibancada Tricolor.

O jogo do dia 17 de setembro entre São Paulo e River Plate acontecerá no Morumbi, às 19h.

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Comente com sua conta do Facebook: