São Paulo ganha processo movido por Pedrinho que poderá recorrer da decisão

Pedrinho foi demitido pelo São Paulo em abril deste ano, por justa causa, devido a acusações de agressão feitas pela ex-namorada do atleta.

Foi feito um pedido de reversão desta decisão em junho no processo movido pelo jogador. No entanto, a Justiça decidiu na sexta-feira (08) que Pedrinho quebrou a confiança do clube ao mentir sobre o ocorrido, negando ter cometido as agressões as quais tinha sido acusado.

Isso porque alguns prints de conversas foram divulgados pelo Globo Esporte em abril com supostas ameaças do atleta.

Por isso, a demissão por justa causa foi acatada e, além disso, Pedrinho terá de pagar os honorários da equipe jurídica do Tricolor.

A decisão ainda pode ser recorrida pela defesa do jogador, que alegou que o clube não esperou as investigações terminarem para que ocorresse a decisão final.

Conforme noticiou o Globo Esporte, o São Paulo preferiu não se pronunciar sobre o assunto por se contar de um processo que acontece em segredo de Justiça.

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter. Conheça a nossa Loja.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você concorda com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais