ACEESP publica Nota de Protesto sobre conduta do São Paulo contra Gabriel Sá

Na tarde desta sexta (12), a Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo, a ACEESP, publicou uma Nota de Protesto sobre a conduta do São Paulo contra o repórter Gabriel Sá.

Veja o conteúdo na íntegra logo abaixo.

Nota de Protesto – ACEESP

A diretoria da ACEESP se solidariza com seu credenciado Gabriel Sá, do canal Arquibancada Tricolor, e repudia a nota publicada pela diretoria do São Paulo Futebol Clube em relação ao seu trabalho na cobertura dos bastidores da contratação do técnico Tiago Carpini – que, ao fim e ao cabo, acabou se consumando como o noticiado.

Para além de um tom irônico, a referida nota do clube tenta desqualificar o trabalho de Gabriel Sá e simplesmente desconsidera o fato de ele próprio ter admitido um erro de informação em sua primeira publicação, e tê-la corrigido no mesmo espaço. Vale ressaltar que corrigir um erro de informação já publicado é um dos preceitos básicos do jornalismo e está de acordo com as boas práticas da profissão.

Criada há 83 anos, a ACEESP defende, historicamente, uma relação séria e profissional dos seus sócios e credenciados com os clubes, federações, atletas, árbitros, patrocinadores e todos os atores que promovem o esporte brasileiro. E renova seu compromisso de zelar pela conduta ética dos jornalistas e respeito pelas instituições, de maneira democrática. A entidade, no entanto, vê com preocupação o desgaste paulatino dessa relação, notadamente marcada por protocolos e regras impostas pelos clubes que limitam o livre trabalho da imprensa e cerceiam seu inalienável direito de crítica e opinião.

Procurado pela presidência da ACEESP, o departamento de comunicação do São Paulo se posicionou desta forma em relação a esta nota:

“A assessoria do São Paulo Futebol Clube afirma que não há qualquer tipo de censura, perseguição ou cerceamento aos profissionais de comunicação. O acesso para a zona mista é determinado por critérios adotados pelo clube que priorizam atender a jornalistas de veículos profissionais, de acordo com o número de vagas disponíveis dentro do espaço existente.”

Nossas considerações

Este posicionamento da ACEESP é muito importante e simbólico, não apenas para o Arquibancada Tricolor, em relação ao que ocorreu com o Gabriel Sá, mas para toda a mídia independente que cobre clubes de futebol.

Entendemos que este formato jornalístico veio para ficar e deve ser respeitado por todas as entidades, clubes e federações.

Logicamente, como em qualquer setor de atuação, haverá bons e maus profissionais, assim como erros e acertos. Porém, cabe ao leitor, ter acesso à informação e aplicar seu discernimento sobre os conteúdos produzidos.

Fica aqui o agradecimento, em nome de toda a equipe do Arquibancada Tricolor à ACEESP, seu presidente, equipes e todos os que se posicionaram a favor.

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter. Conheça a nossa Loja.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você concorda com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais