Com linda festa da torcida, São Paulo encerra preparação para final 3
Eduardo Rodrigues - Grupo Globo

Neste sábado, o torcedor do São Paulo compareceu mais uma vez ao Morumbi para uma linda festa. A equipe passou a últma atividade, antes da final do Campeonato Paulista para o Morumbi, e teve o retorno esperado.

O clube não divulgou o número total de torcedores que estiveram presentes no treinamento, porém, na véspera do evento foram vendidos 18 mil ingressos.

Durante a atividade, o treinador Rogério Ceni realizou uma série de ações, visando o confronto deste domingo. A equipe fez um trabalho em campo reduzido para melhorar a tomada de decisão sob pressão e para aperfeiçoar a saída de jogo em curto espaço de campo.

O comandante também realizou uma atividade voltada para as transições de jogo – essa parte em especial deve ser muito usada pelo Tricolor no duelo, já que com a vantagem, a expectativa é que o São Paulo espere mais o Palmeiras.

Sem dar indícios dos titulares, Ceni escalou os atletas em equipes misturados, ou seja, os atletas que atuaram na última quarta-feira foram divididos. Assim, o treinador não deu pistas sobre o time titular – uma grande dúvida gira em torno do retorno ou não do zagueiro Robert Arboleda.

No fim do treino, novamente a equipe trabalhou jogadas específicas. Os jogadores fizeram cobranças de faltas e por fim, cobraram pênaltis. Segundo informações do repórter Eduardo Rodrigues, do Grupo Globo, Rafinha, Léo, Diego Costa, Pablo Maia e Welington acertaram suas cobranças. Igor Gomes errou um e fez o outro.

O São Paulo enfrenta o Palmeiras na tarde deste domingo, às 16h, no Allianz Park. Com a vantagem após a vitória na última quarta, a equipe pode empatar ou até perder por um gol de diferença que sairá do estádio rival com o título do torneio estadual.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorSão Paulo anuncia contratação de Simi
Próximo PostRogério Ceni: “Se acontecer (o título) será muito especial”
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.