Foto: Rummens

Mesmo sem jogo, a quarta-feira foi de muitas notícias no CT da Barra Funda. A diretoria do clube decidiu pela rescisão de contrato junto ao treinador Hernán Crespo e a comissão técnica que veio com o argentino.

Minutos depois do anúncio, o atacante Emiliano Rigoni foi às redes sociais para lamentar a demissão do argentino. O jogador foi indicação do ex-comandante.

Até o fechamento desta matéria, nenhum outro jogador estrangeiro havia feito referência a demissão do treinador Hernán Crespo.

Na Argentina, o Diário Ole fez duas postagens em relação ao término do vínculo do comandante. A primeira anunciando a demissão e a segunda constatando a rápida ação da diretoria em fechar a contratação de Rogério Ceni.

“Você podia ver isso chegando. Ele estava na corda bamba e finalmente aconteceu o inevitável: Hernán Crespo deixou de ser o diretor técnico do São Paulo”, foi a postagem do jornal hermano.

“Você podia ver isso chegando. Ele estava na corda bamba e finalmente aconteceu o inevitável: Hernán Crespo deixou de ser o diretor técnico do São Paulo”, foi a postagem do jornal hermano.

“Segundo o Twitter oficial, Rogério já tinha contato com o elenco (onde estão os argentinos Martín Benítez, Jonatan Calleri e Emiliano Rigoni) e estava disposto a dirigi-lo nesta quinta-feira, contra o Ceará, no Morumbi”, finalizou o jornal argentino.

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe o que de melhor acontece no São Paulo FC
Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Betmotion
Conheça a nossa Loja

Post anteriorNova rescisão. Segundo portal Goal, São Paulo terá que pagar 750 mil dólares a comissão de Crespo
Próximo PostConfira como foi o primeiro treino de Rogério Ceni no São Paulo
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.