“Ele não pediu para não bater” afirma treinador sobre James Rodríguez

Foto: Rummens

São Paulo e Novorizontino decidiram a vaga para as semifinais do Paulista 2024 nos pênaltis e o Tricolor com duas cobranças para fora, ficou pelo caminho. Michel Araújo e Diego Costa desperdiçaram suas cobranças de pênalti e o torcedor do São Paulo ficou na bronca por James Rodríguez não ter participado da série decisiva.

Perguntado durante a coletiva pós-jogo, o treinador Thiago Carpini explicou que os jogadores mais confiantes foram os escolhidos para as cobranças. Confira a declaração do treinador, reproduzida pelo Globo Esporte:

Em relação aos pênaltis, nós temos um relatório do que trabalhamos na semana com o percentual de cada um, mas no dia a gente também ouve o feedback do atleta, por estar seguro ou não, e temos que levar isso em conta também, se o atleta está à vontade ou não. (Ele não pediu para não bater). Só que outros atletas se manifestaram antes sobre bater, esperamos a manifestação dos atletas e seguimos assim. Gostaria de exaltar a personalidade do Diego, que quis bater. Erramos todos e caímos de pé, convictos com o que foi feito“, afirmou Thiago Carpini.

Confira abaixo a coletiva completa do treinador Thiago Carpini após a eliminação do São Paulo para o Novorizontino no Paulistão. Caso o vídeo não seja carregado automaticamente, veja no Youtube:

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter.

Compartilhe esta notícia
Comente!