Ex-jogador do São Paulo é acusado de cometer crimes de importunação sexual e lesão corporal

Everton, ex-jogador do São Paulo e atualmente na Ponte Preta, é suspeito de importunação sexual e lesão corporal, visto que duas mulheres registraram boletim de ocorrência na Delegacia de Paulínia contra o atleta de 34 anos.

Conforme a denúncia feita, a situação ocorreu no último final de semana e o jogador teria passado a mão nas nádegas de duas mulheres e, quando confrontado sobre a atitude, teria agredido as vítimas.

Outra situação similar já havia acontecido na semana passada, quando a mulher afirmou ter sido importunada por Everton que acariciou a sua panturrilha.

Então, em um churrasco realizado no sábado (11), ele teria passado a mão nas nádegas da mulher e na de sua irmã, foi quando se instaurou o início da discussão, após o atleta alegar que teria se confundido com a esposa.

Segundo o Globo Esporte, foi tentado o contato com Everton e também com a Ponte Preta, porém, ambas as partes não se pronunciaram até o momento.

Everton atuou pelo São Paulo de 2018 a 2020, quando foi envolvido em uma troca com Luciano, e foi para o Grêmio.

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter. Conheça a nossa Loja.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você concorda com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais