Divulgação

Nesta quinta-feira (02), o São Paulo visitou o Grêmio, na Arena Grêmio e foi derrotado por 3×0. Os gols do Tricolor gaúcho foram marcados por Thiago Santos, aos 23 minutos do primeiro tempo, Diogo Barbosa, aos 23 minutos do segundo tempo e Jonathan Robert, aos 48 minutos do segundo tempo.

O Tricolor fez uma péssima partida. O treinador Rogério Ceni tentou mudar taticamente o time e viu as mudanças naufragarem. Com a volta dos três zagueiros, o Tricolor teve Gabriel Sara na ala direita e Igor Gomes como segundo volante, porém, o time não conseguiu se achar no primeiro tempo e foi presa fácil.

O Grêmio dominou os 45 minutos iniciais. Com Thiago Santos dominando as ações no meio campo e tirando qualquer ação de Benítez, o Grêmio conseguiu empurrar o São Paulo para o campo de defesa. O time de Rogério Ceni tentava encontrar Calleri no campo de ataque, porém, a defesa do Grêmio segurou qualquer avanço.

O Grêmio achou o gol aos 23 minutos do primeiro tempo, com Thiago Santos, porém, poderia ter feito dois ou três gols no primeiro tempo. O próprio Thiago perdeu uma chance clara, quando tinha apenas Miranda a sua frente.

No segundo tempo, o treinador Tricolor mexeu no time e colocou Igor Vinicius e Marquinhos nos lugares de Welington e Benítez. Mesmo assim, o time não melhorou e o Tricolor Gaúcho continuou dominando as ações. A equipe gaúcha chegou ao segundo gol com Diogo Barbosa.

Rogério então tentou novas trocas e colocou Gabriel Neves, Liziero e Juan no campo. O time seguiu inoperante e ao longo dos 90 minutos não conseguiu criar uma grande chance de gol. No fim, Jonathan Robert anotou um gol do meio campo para finalizar a trágica noite do São Paulo.

Com o placar, o Tricolor segue com 45 pontos e ainda briga para garantir a vaga no Brasileirão 2022. O time está a cinco pontos de distância do Bahia, primeiro clube no Z4. O São Paulo volta a campo na próxima segunda-feira, às 19h, no estádio do Morumbi.

Ficha Técnica

GRÊMIO 3 x 0 SÃO PAULO
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 02/12/2021 (quinta-feira)
Horário: 20h

SPFC: Volpi; Arboleda, Miranda, Léo; Gabriel Sara, Rodrigo Nestor (Liziero, 28/2), Igor Gomes (Gabriel, 25/2), Benítez (Igor Vinícius, intervalo) e Welington (Marquinhos, intervalo); Rigoni (Juan, 28/2) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni

GFBPA: Gabriel Chapecó; Rafinha, Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Mateus Sarará, 33/2), Lucas Silva e Campaz (Villasanti, 28/2); Douglas Costa (Jhonatan Robert, 29/2), Diego Souza (Borja, 17/2) e Ferreira (Darlan, 33/2). Técnico: Vagner Mancini

Gols: Thiago Santos, 22/1; Diogo Barbosa, 22/2; Jhonata Robert, 48/2

Cartões amarelos: Rigoni, 14/2; Douglas Costa, 29/2, Gabriel Chapecó, 39/2, Miranda, 45/2; Borja, 47/2

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Jose Reinaldo Nascimento Junio (DF)
Quarto Árbitro: Francisco Soares Dias (RS)
Árbitro de Vídeo: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
AVAR: Diogo Carvalho Silva (RJ)
Observador de VAR: Anderson Carlos Gonçalves (PR)

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe o que de melhor acontece no São Paulo FC: 
Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Conheça a nossa Loja

Post anteriorRogério Ceni escala São Paulo com Benítez e Welington para duelo com Grêmio
Próximo PostCalleri: “Foi uma vergonha para nós, para os torcedores que vieram”
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.