Nem bons exemplos não empolgam o time

A Coluna do Felipe é publicada às quintas-feiras pelo Felipe Morais e sempre trará detalhes sobre a rica história do Tricolor! Clique aqui e veja todas as edições da coluna.

Amigos tricolores

Escrevo esse artigo no dia em que o “SPA CT Barra Funda” volta a funcionar. Eu ainda estou indignado com o fato do São Paulo, jogando um futebol longe de empolgar o torcedor ter dado 9 dias de folga ao elenco nessa pausa da Copa América. Isso foi algo que, na minha visão, desrespeitou demais a torcida tricolor. Esses caras ganham fortunas, são tratados como reis, treinam em um dos melhores gramados do mundo, tem estrutura de primeira, comida das melhores. A preocupação desses caras é apenas treinar e jogar. Alguns, não tem a menor condição de jogar com a camisa do São Paulo, mas estão lá, firme e fortes no time titular, ainda! Outros, estão devendo muito a torcida, o bom futebol que sabemos que eles podem apresentar, ainda não apresentaram. Nem as contas esses caras se preocupam em pagar, pois tem assessores para isso. Os caras tem a vida que milhares de pessoas gostariam de ter e como retribuem? Jogando uma bolinha que não dá medo nem no Ibis mais!

Pablo e Pato. Exemplos

Gostei da atitude dos 2 atacantes. Pablo, com sede de voltar a jogar logo e Pato, mesmo com toda a sua fama, dinheiro e um dos poucos que se salvam no time, resolveram mandar um recado a diretoria e ao time: férias do que? Até concordo que se o time estivesse entre os 4 do campeonato, tivesse ganho a final contra o Corinthians, razoável as férias, mas não é essa a realidade, o São Paulo vai mal e essa parada, para mim, mostrou quem está afim e quem está ali apenas para receber o salário no final do mês. Para a minha tristeza, a maioria esmagadora do time está pensando apenas em salário.

Pablo voltando

Espero que esse período tenha ajudado Pablo a voltar logo. O atacante, que por mais que esteja há três meses sem jogar, ainda é o artilheiro do time na temporada, o que mostra como nosso ataque está péssimo, Pablo pode ser um excelente reforço formando o trio de ataque com Pato e Anthony. Toró, eu apostava demais, mas confesso que me decepcionou, assim como Helinho. Uma pena, pois na base os dois mostravam um enorme potencial, Toró com seu chute “a lá Muller” e Helinho habilidoso. No time titular, não usaram muito essas armas, talvez, ainda não estejam preparados, tentaram, mas acredito que possam ser melhores trabalhados. Ainda acredito neles, mas menos do que antes. Pablo é mais maduro, mais centrado e tem mais raça. A maior contratação da história do São Paulo, ainda não rendeu em campo o esperado, mas há de se ter paciência, uma vez que quando ele estava se adaptando veio a contusão. Estamos no mês 6 e ele ficou 3 meses parado, ou seja, mal jogou pelo time que ainda está em formação. Aliás, uma pena, saber que o São Paulo está em formação desde 2008…






Como seria esse ataque?

Pato e Anthony poderiam “flutuar” pelos lados do campo. Pato é um jogador diferenciado, tem um excelente domínio de bola, sabe armar o time, tem um bom chute, um bom passe. Anthony, chuta bem de fora da área, tem um bom cruzamento e tem mais habilidade. Pato não é um driblador nato, Anthony sim, o que é bom, pois se completam. Pablo, que veio para o São Paulo como o camisa 9 que o time tanto precisava, depois de Diego Souza não agradar por ali, na visão de Cuca não é jogador para ficar enfiado e sim pelas laterais. Será que Cuca vai mesmo mudar a característica do jogador porque ele acha algo diferente? Pablo fez um excelente ano de 2018 pelo Athlético-PR e por isso veio para o São Paulo, por que mudar o que deu certo? Mas, Cuca, é experiente e espero que saiba o que faz. Tendo os 3 sem uma posição fixa, pode dar mais mobilidade ao ataque, abrindo mais espaços. Anthony precisa de jogadores inteligentes ao seu lado, ou seu potencial se resume a tocar de lado quando recebe a bola, muito pouco para o talento do menino.

Nem bons exemplos não empolgam o time

Para ficar muito claro, eu achei a atitude do Pablo e Pato nobre e mostrou comprometimento, mas isso não empolgou o time que foi para a sua “merecida” folga do meio do ano. Nem mesmo Hernanes, que deveria ter largado tudo para ser mais um a encabeçar essa atitude o fez. Talvez, ele tenha ido para a Itália ficar com os filhos. Não tem nada de oficial, mas já li que o Profeta está em depressão por estar tão longe dos filhos. Sendo assim, ele até merece e pode ser que volte com outra cabeça depois desse período com os filhos, mas e os péssimos Igor Vinicius e Reinaldo? Ok, 9 dias não os transformariam em Leandro e Junior, mas merecem férias? Não deveriam fazer o mesmo que Pato e Pablo? Igor Gomes, não poderia usar esse período e aprimorar algum ponto para que Cuca o visse como titular? Helinho e Toró não poderiam treinar mais finalizações? Ah não, as férias, as merecidas férias falaram mais alto…


Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova) – www.livrotele.com.br

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: Rummens

Comente com sua conta do Facebook: