Aloísio relembra período marcante no clube.
Foto: Reprodução

O ano era 2007 e o São Paulo havia sido eliminado pelo Grêmio na Copa Libertadores. No jogo de ida, o Tricolor Paulista venceu no Morumbi por 1×0. Contudo, na volta, o Grêmio reverteu o placar e tirou o time de Muricy Ramalho do torneio continental. Em entrevista ao podcast Inteligência Ltda., Aloísio relembra o episódio e afirma que, com a saída do torneio, ele, Leandro e Souza foram quase demitidos antes de começar o Brasileirão.

Aloísio Chulapa é figura das mais irreverentes do meio do futebol. Além de muitas histórias da época de jogador, o ex-atleta é notabilizado por suas peripécias com seu tradicional “danone” – apelido que dá à cerveja que bebe. Na entrevista, o ídolo do São Paulo retoma o ano do pentacampeonato nacional do clube, mas confunde as datas do ocorrido.

Botaram a culpa na gente. Chegamos lá e, na relação para o Brasileirão, o nosso nome não estava. Mandaram a gente procurar outro time, mas ainda tínhamos contrato. Leandro começou a chorar e a chutar tudo. Souza pegou as coisas dele e foi para casa. Leandro colocou o material dele em um saco de lixo. Depois voltamos para o elenco e ganhamos o Brasileirão. O Grêmio estava com 11 pontos em nossa frente no começo do segundo turno. E, com três rodadas de antecedência, conquistamos o campeonato“, relatou Chulapa. Contudo, esse Brasileirão a que o ex-atacante se refere é o do hexacampeonato. E o ocorrido foi na temporada anterior.

Confira o vídeo com o depoimento abaixo. Ou clique aqui.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorSão Paulo vence o Nacional e mantém invencibilidade na BCLA
Próximo PostJogos do São Paulo: Confira a agenda da semana (de 14/03 a 20/03)
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.