São Paulo no campo da Floresta

Você já deve ter ouvido falar no tal “Jogo das Barricas“, que corintianos e palmeirenses andam falando nos últimos anos, para propagar que ajudaram o São Paulo a não falir, certo?

Pois saiba que isso tudo não passa de uma grande invenção de pessoas que tem potencial para ser roteiristas do Netflix, já que inventam, aumentam e repetem isso tantas vezes, para tentar tornar essa história real.

Assim como os tradicionais torneios Ramón de Carranza e Teresa Herrera, na Espanha, antigamente, era muito comum ter festivais e torneios amistosos de fim de semana em São Paulo, organizados pelos grandes clubes paulistanos.

O organizador desses torneios ficava com toda a renda de bilheterias e, frequentemente, São Paulo, Palestra Itália e Corinthians, criavam e disputavam essas taças entre si, para levantar fundos adicionais.

O São Paulo enfrentava sim, dificuldades financeiras naqueles tempos, mas tinha patrimônio e jogadores no elenco que valiam mais que suas dívidas, portanto, é absurdo dizer que o clube estava prestes a falir.

Além do mais, dizer que a renda de um jogo seria suficiente para evitar a falência de um clube, é de uma imaginação tão fértil quanto achar que existe título mundial sem ganhar uma Libertadores ou então, ganhar um Mundial antes dele existir, não é mesmo?

Confira nosso vídeo com mais detalhes sobre isso:

Post anteriorCasares revela a jornalista prioridades atuais do São Paulo
Próximo PostOnde assistir São Paulo x Corinthians | Semifinal do Paulistão 2022
41 anos, paulistano, são-paulino e um dos criadores do Arquibancada Tricolor. Apaixonado por Formula 1, Futebol, boa música e tecnologia!