25 de junho de 1993: começava a era Rogério Ceni no São Paulo

Há 26 anos, aconteceu a estreia de goleiro Rogério Ceni no time titular do São Paulo. Na equipe desde 1990, foi no Torneio Amistoso de Santiago de Compostela, na Espanha, que a primeira oportunidade surgiu. Com Zetti na Seleção Brasileira, Ceni foi para debaixo das traves Tricolores e logo em sua primeira partida defendeu um pênalti contra a equipe do Tenerife, colaborando com a vitória do Tricolor por 4×1.






Era um jovem de apenas 20 anos com a responsabilidade assumir a vaga do ídolo Zetti e que, com certeza, deu conta do recado, visto que na final contra o River Plate mais um pênalti foi defendido e o primeiro título internacional foi conquistado.

Ao longo da gloriosa carreira com a camisa de 3 cores do São Paulo Futebol Clube, Rogério defendeu mais 49 pênaltis além desses. Prosseguiu no banco de reservas até o ano de 1997, quando assumiu a titularidade e fez o primeiro gol de sua trajetória como goleiro artilheiro, ao total foram 131 gols, 1237 jogos e 12, isso mesmo, 12 títulos conquistados ao longo de sua história, além dos diversos prêmios individuais colecionados no decorrer dos anos, tornando-se sem sombra de dúvidas um dos maiores nomes do São Paulo Futebol Clube, onde permaneceu como jogador por 25 anos.

Aposentou-se oficialmente aos 42 anos no dia 11 de dezembro de 2015 em um jogo festivo que aconteceu no Morumbi. Foi o fim de uma era de conquistas, vitórias e memórias que ficaram guardadas para sempre em cada torcedor Tricolor.

Atualmente, Rogério Ceni é técnico do Fortaleza, onde já conquistou o título de Campeão Brasileiro da Série B 2018, Campeonato Cearense 2019 e Copa do Nordeste 2019.

Foto: Arquivo Histórico do São Paulo FC

Comente com sua conta do Facebook: