O Tricolor foi superior durante a maior parte do tempo, criou boas oportunidades para conquistar uma vitória, mas esbarrou na falta de sorte e carimbou a trave do Atlético-PR quatro vezes na fria noite do último sábado (11). O São Paulo largou na frente com o zagueiro Maicon, que mais uma vez deixou a sua marca, mas os visitantes conseguiram reagir no Morumbi e arrancaram a vitória de virada por 2 a 1 no confronto válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro de 2016.

Com o revés neste final de semana, o time são-paulino se manteve na sexta colocação, com seis pontos, e agora aguarda o desfecho da rodada para conhecer a sua posição na tabela. Na próxima quarta-feira (15), às 19h30 (de Brasília), novamente no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Tricolor receberá o Vitória com a missão de tentar reagir na temporada e se manter na briga por um lugar no G-4 da competição nacional.

Para encarar os paranaenses, o Tricolor teve uma série de desfalques: Breno e Wellington (cirurgia no joelho), Carlinhos (lesão na coxa esquerda), Wilder (aprimora a forma física após se recuperar de um estiramento na coxa esquerda), Michel Bastos (aprimora a forma física após se recuperar de um estiramento na coxa direita), Hudson (estiramento na coxa esquerda) e Wesley (estiramento na coxa direita), além de Rodrigo Caio, Paulo Henrique Ganso e Mena (Copa América Centenário).

Além deles, de última hora, o técnico Edgardo Bauza não pôde contar com o atacante Jonathan Calleri: faleceu um grande amigo do camisa 12, que foi liberado pela comissão técnica antes de a bola rolar. Dessa forma, o time foi escalado com Denis; Bruno, Lugano, Maicon e Matheus Reis; João Schmidt, Thiago Mendes e Ytalo; Kelvin, Centurión e Alan Kardec.

Confira as imagens dos bastidores!

Let’s block ads! (Why?)