#ColunaAT – Pitacos sobre o SPFC – 06/08/2020

Alguns pitacos sobre o São Paulo, agora que o sangue baixou um pouco (apesar de continuar uma revolta bem grande ainda):

  • Volpi continua sendo o melhor goleiro pós-Ceni no São Paulo. Para alguns, nada mais presta e ele deveria sair. Esses “opinadores” devem ser desconsiderados.
  • Juanfran é um cara que tem influência positiva no dia a dia do elenco, mas não tem vigor para atuar como lateral. Não é um péssimo jogador como pintam depois da derrota, mas em outra função, pode até compor elenco.
  • Igor Vinícius ainda precisa evoluir muito e principalmente, ter pés no chão pra jogar bola e não entrar na pilha de uma parte da torcida que já o considerava solução para a lateral.
  • Bruno Alves é o nosso melhor zagueiro e não pode sair do time de jeito nenhum.
  • Arboleda falha quando joga sem Bruno Alves. Muitos pegam no pé ainda daquele lance da camisa do rival, quando ele realmente fez besteira, mas tem que ser cobrado pelo que faz em campo. Quando falha, deve ser cobrado e quando joga bem, elogiado. Mas sem essa de “Arbolenda”.
  • Reinaldo precisa focar em jogar o futebol dele e fazer o melhor que puder. A visão que passa é que quando ele se ilude um pouco, começa ficar irritado em campo, levando cartões e falhando nas jogadas, ferrando o time.
  • Tomamos mais gols e nossa defesa fica mais exposta a falhas individuais, porque nossos volantes saem mais para o jogo e não temos um marcador de verdade. Talvez Luan pudesse fazer esse papel de maior proteção à zaga, mas é preciso treino e ritmo maior de jogo, mudando um pouco a característica do time.
  • Daniel Alves foi discreto nos jogos pós-pandemia, mas não dá pra jogar só nele a culpa e dizer que não presta. Quantos nomes passaram pelo SPFC nos últimos anos que foram bem antes e depois? Claro que esperamos mais dele, mas está longe de ser o maior problema. Tem que assumir sim mais esse papel de líder, falar mesmo e tem mesmo que agir como dono do time, pois não temos ninguém fazendo isso e sem uma liderança, o time não vai pra frente. Por ser “o cara da criação de jogo” atualmente, precisa ser mais atuante como vinha sendo antes da parada.
  • Pablo vem tendo o desempenho que se espera dele, com gols. Desde o jogo contra o Santos, começou a marcar. É um cara que se mostra empenhado, comprometido no trabalho e não é o pereba que todos pintam. Ainda será útil ao time e que seja mesmo, pois tem muita gente chegando a pedir Trellez e outros.
  • Pato precisa mostrar o que quer e a que veio. Tem qualidade sim, não dá pra dizer que ele não sabe jogar, mas a crítica principal de todos é sobre sua postura em campo e vontade. Precisa estar ligado nos 220V para jogar no São Paulo e isso independe de posicionamento em campo ou função desempenhada. Alguém precisa orientá-lo também em relação a aparecer menos no extracampo e focar mais no futebol para que possa mostrar algo que ele ainda tenha.
  • Pode ser impressão minha, mas o lado direito da nossa defesa vem perdendo muito com a saída de Antony. Como ele fazia bem a recomposição, vinha até a defesa para ajudar na marcação e até no apoio de cobertura de Juanfran, que deveria ser feita por uim volante. Isso ficou mais escancarado e assim, o nosso lateral, que já não tem esse fôlego todo, acaba sofrendo ali (vide o segundo gol do Mirassol).
  • Diniz tem sua parcela de culpa, lógico! E precisa rever alguns conceitos (esse de não ter um volante mais marcador, é um ponto, em minha visão). Tem uma ideia de jogo interessante, mas ela precisa de mais tempo e paciência para implementação, item que o São Paulo não dispõe hoje. O clube está pressionado por bons resultados e talvez, insistir muito em um modelo que muda muito as características de jogadores e forma de jogar, não vai trazer os resultados que são necessários e isso pode encurtar sua passagem pelo clube. Repito: mudar treinador não resolve, mas a pressão por resultados vai novamente, concentrar todas as críticas a essa figura.
  • Os Diretores (Raí e Pássaro) devem ser cobrados pelos maus resultados, pois eles gerenciam (ou deveriam) as relações, comportamentos e expectativas dentro do clube. Por vezes se escondem até para dar entrevistas e quando o fazem, são com perguntas pré-selecionadas e ensaiadas antes. Eles também devem ser cobrados para encontrar um técnico que tenham convicção no trabalho e dar continuidade a isso. Já que apostaram em Diniz, que mantenham essa convicção até o final e não sou a favor que interrompam tudo após essa eliminação, mas que deem respaldo ao que disseram acreditar. Se cederem às pressões e mudarem, como fizeram com Aguirre e outros, vão mostrar mais uma vez, que não estão preparados para tomar decisões pelo clube e deveriam entregar o cargo ou serem demitidos.
  • Leco e conselheiros estão focados nas eleições. Não existe qualquer senso, noção ou preocupação real com o desempenho do time. E isso vale para o que chamam de “situação” e “oposição” dentro da vida política do clube. Houve até festinha de confraternização recentemente no SPFC para comemorar alianças e apoios. Não esperem mudanças tão cedo.
  • Esqueçam os rivais! Muitos torcedores cobram mais o time do SPFC pelo que acontece com os rivais, do que pelo próprio desempenho. É claro que não tá fácil vê-los ganhando títulos e nós assim, mas tem muita gente culpando mais o SPFC pela classificação do Corinthians do que pelas próprias falhas do time. Cobrem o São Paulo e que se danem os rivais!

Temos um Brasileirão pra começar já no domingo e uma sequência que poderia favorecer um bom desempenho inicial para ganhar pontos e recuperar a confiança, mas não dá pra confiar ainda no time.

O São Paulo precisa mostrar muito mais do que mostrou nesses jogos recentes, pois tem material e qualidade para isso. O time vinha sim, mostrando um futebol melhor que os rivais antes da parada.

Tudo foi para o ralo com a vergonhosa eliminação para o Mirassol, então a pressão será grande sobre Diniz e os jogadores. Agora é a hora de mostrar quem tem capacidade de ficar no São Paulo ou já procurar outro clube.

Destaco que são opiniões pessoais e não do Arquibancada Tricolor, portanto, respeite, argumente e opine também!

Abraço.

Comente com sua conta do Facebook: