Cueva é vendido para clube da Rússia

O peruano Cueva foi vendido para o Krasnodar da Rússia, após muitas especulações e sondagens de alguns times, o então camisa 10 do Tricolor foi negociado por 8 milhões de euros (mais de R$ 36 milhões), podendo chegar a R$ 45,3 mi, que vai depender de cumprimento de metas, desempenho e venda futura.

Após uma atuação mediana na Copa, onde perdeu até um pênalti em um dos jogos, o número 8 da seleção peruana chamou a atenção de alguns clubes, mas seu destino final foi mesmo a Rússia, que é a anfitriã da Copa do Mundo de 2018. Cueva deve se despedir dos companheiros de elenco e do clube amanhã (13), e já na semana que vem viaja para acertar os últimos detalhes e se apresentar no novo clube.

O meio-campista chegou ao São Paulo em junho de 2016 vindo do Toluca do México pelo valor de R$8,8 milhões, de lá para cá participou de 89 partidas, marcou 20 gols e deu 20 assistências. Nestes 2 anos de clube passou por momentos críticos por se envolver em vários episódios de indisciplina, o que o levou até a pedir perdão para a torcida em pleno Morumbi após um gol marcado de pênalti na vitória do São Paulo contra o Botafogo-SP pelo Campeonato Paulista.






Foto: Rubens Chiri / saopaulofc

Por algum tempo, o São Paulo viveu a “Cuevadependência”, pois parecia só jogar bem quando o camisa 10 estava em campo, do contrário o time sofria com a falta de criatividade no meio de campo. No entanto, com a chegada do experiente Nenê, mudou-se o cenário, e o questionamento que ficava era que se Cueva permanecesse na equipe, seria titular ou reserva. Agora já temos a resposta, não atua mais pelo Tricolor e vai ser jogador do futebol russo.

Comente com sua conta do Facebook:
Você já conhece a Loja do Arquibancada? Modelos exclusivos para você mostrar o seu amor pelo Tricolor!

Confira outras notícias no Arquibancada Tricolor