Juninho lamenta saída precoce do São Paulo
Foto: Reprodução

O ex-jogador Juninho Paulista foi o convidado do podcast Denílson Show, apresentado pelo também ídolo são-paulino e por Chico Garcia. A dupla, que despontou para o futebol pelo Tricolor no início da década de 1990, relembrou boas histórias e o período glorioso em que o clube esteve sob o comando do lendário mestre Telê Santana. Nesse ínterim, Juninho relatou com lamentação a surpresa que teve ao ter de deixar o clube de maneira precoce, por questões salariais.

Foi até uma surpresa. Chegar com aquele timaço e, no ano que consegui a titularidade, fiquei apenas um ano e tive proposta para sair. Eu não imaginava sair do São Paulo tão cedo. Não havia lei do passe; os clubes que detinham o direito. E eu me lembro que cheguei com um valor muito abaixo, do Ituano. O valor que eu recebia do São Paulo era muito abaixo jogando entre os titulares. Na renovação, pedi um valor justo. Mas o que o clube pretendia me pagar e o que eu gostaria de receber estava longe de a gente conversar e entrar em um acordo. E aí, nessa hora, surgiu o Middlesbrough“, revelou Juninho.

Veja o bate-papo completo no vídeo abaixo. Ou clique aqui.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorCompra de Calleri pelo São Paulo repercute na mídia argentina
Próximo PostConfira informações de como adquirir ingressos do jogo contra o Ceará
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.