Rafinha fala sobre ser campeão pelo São Paulo: “Sonho muito com isso”

Capitão e um dos líderes do atual elenco do São Paulo, Rafinha é importante peça do grupo comandado por Dorival Júnior. A experiência de tantos anos no futebol fazem com que ela tenha voz diante dos companheiros de equipe.

Em entrevista ao Globo Esporte, o lateral comentou sobre o que fala aos jogadores em relação a busca por conquistas.

“Eu falo para eles: “Quem sempre chega uma hora ganha”. Chegamos no ano passado, a gente já sabe qual que é a receita, sabe o que a gente pode fazer e o que não pode fazer. Porque você vai em uma, perde e é difícil outra oportunidade. Se você tem a oportunidade de fazer de novo, faça por onde. Lembra como foi no passado: perdemos. Então esse ano vamos fazer diferente. Vai criando uma casca, vai criando uma identidade. Tudo o que aconteceu no ano passado, os jogadores que ficaram, criaram essa casca”.

Sobre ser campeão pelo clube do coração, Rafinha afirmou:

“Sonho muito com isso. Muito mesmo. É um pensamento diário. Eu me imagino, ainda mais quando passo nos corredores cheio de quadro na parede, com vários títulos. Seria legal, né. Seria legal ter uma foto minha ali também com um troféu. Seria a cereja do bolo, para coroar a carreira”.

No que se refere à liderança exercida por ele no São Paulo, o experiente jogador falou sobre como isso acontece na prática no dia a dia e como Dorival Júnior também comanda esta questão.

“Como mais velho do time, um jogador mais experiente, eu já vi muita coisa no futebol. A gente sabe o momento, o que vai a gente vai encontrar nos jogos. A gente sabe quando as coisas estão fluindo, está dando dois, três a zero, é uma maravilha, todo mundo joga tranquilo. Mas quando você está na adversidade, no perigo, no jogo difícil, na tensão, ali a gente, por ter uma experiência, procura dar coragem para os caras, falar que as coisas vão acontecer. Para a gente continuar com a concentração, continuar ligado, continuar fazendo o que a gente sempre fez, não mudar o que a gente faz, não perder os princípios. É um trabalho que o professor Dorival faz todos os dias, então esse é o papel do capitão, esse é o papel do líder dentro de campo. Os caras quando estão em perigo, ele olha para você e aí você fala “não, vem cá, vamos fazer assim, calma, vamos organizar. Está errado”. Se tem um que está mais ligado, dá uma chamada”.

Confira a entrevista completa clicando aqui.

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter. Conheça a nossa Loja.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você concorda com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais