São Paulo favorito? Confira os postulantes ao título do Paulista de Basquete

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC
0 74

Após o bom início do Campeonato Paulista de Basquete de 2023, quais equipes vêm demonstrando que podem brigar pelo título? Mudanças, saídas e chegadas pesadas, estilo de jogo e regularidade. O São Paulo briga pelo bi? Acompanhe os favoritos desta edição do torneio.

Tricolor em busca do bicampeonato

Mesmo com algumas baixas e trocas no elenco, o Tricolor Paulista ainda é um forte candidato ao título estadual. Comandantes do time campeão em 2021, Marquinhos e Elinho deixaram o time ao final da última temporada, assim com o Túlio da Silva, destaque no vice-campeonato do NBB passado.

Contudo, o grupo segue com nomes qualificados, como Bennett, Betinho, Miller e Siewert. Por fim, ainda conta com os reforços do armador Fischer, ex-Flamengo, o ala Coleman, ex-Pinheiros (se recuperando de lesão), e o pivô Faverani (aprimorando a forma física). Tyrone, que sofreu uma grave lesão no Tendão de Aquiles, ainda não tem prazo certo para voltar.

A campanha da equipe de Bruno Mortari até aqui é de duas vitórias (Osasco e São José) e duas derrotas (Mogi e Corinthians).

Os invictos podem chegar?

Talvez o maior candidato, ainda que também com baixas em seu elenco, seja o SESI Franca. Atual campeã estadual, a equipe ainda conta com Georginho, mas o perderá em breve para o exterior, já Lucas Mariano está suspenso provisoriamente por doping, enquanto o jovem Reynan migrou para os EUA. Porém, mesmo assim, o time conta com nomes como David Jackson, Scala, Marcio e Lucas Dias, que inclusive treina com a Seleção Brasileira para o Mundial.

Franca disputou apenas dois jogos até então, vencendo ambos (Osasco e Corinthians).

Outro time com 100% de aproveitamento neste início de torneio é o Paulistano. Logo, o time entra na briga e pode surpreender ao longo do ano com seu núcleo jovem e jogadores experientes. Alguns dos destaques no campeonato são Crescenzi, Murilo Souza, Bruno Cardoso, Ruan e os irmãos Lucas e Alex Doria.

A campanha em três jogos é de três vitórias (Mogi, Corinthians e Osasco).

Também podem surpreender

Com o nível não tão diferente dos elencos de São Paulo e Franca como nos anos anteriores, o campeonato tende a ficar mais aberto a outras possibilidades. Assim, Corinthians, Bauru e Pinheiros também entram no bolo.

O Corinthians é o time que mais jogou por enquanto (junto com o Osasco), venceu duas partidas (Bauru e São Paulo) e perdeu três (Pinheiros, Paulistano e SESI Franca). No grupo, nomes interessantes que vêm se destacando individualmente, como Elinho e Cauê Borges, por exemplo, podem elevar o patamar esportivo do time.

No Bauru, alguns atletas também chamam a atenção, como Brite, Gemadinha e Larry Taylor, além de Alex Garcia voltando. Já a respeito da campanha, são duas vitórias (Mogi e Osasco) e duas derrotas (Corinthians e Pinheiros), ou seja, mesmo aproveitamento do São Paulo com a mesma quantidade de partidas.

Por fim, o Pinheiros, também com mudanças, segue contando com um forte grupo de jovens. Nas primeiras rodadas, Yan Djalo se destaca na pontuação, ao lado dos companheiros Dreher, Thiago Faria e Aguerre, lembrando também de Adyel, que voltou após levar a prata com o Brasil nos Jogos Mundiais Universitários.

O retrospecto do clube é de duas vitórias (Corinthians e Bauru) e uma derrota (São José).

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você concorda com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitarLer mais