Calleri comemorando gol
Calleri comemora gol na final - Foto: Rummens

Nesta quarta-feira (30), o São Paulo conseguiu um grande resultado no Estádio do Morumbi. A equipe de Rogério Ceni superou o Palmeiras, por 3 a 1, e saiu na frente na final do Campeonato Paulista. Os gols da equipe foram marcados por Jonathan Calleri (duas vezes) e Pablo Maia, Raphael Veiga descontou para o Alviverde.

Com o resultado, o São Paulo entra em campo no próximo domingo com a vantagem do empate e podendo perder até por 1 a 0, para o Alviverde. Em caso de vitória do Palmeiras por 2 a 0, a disputa será nas penalidades máximas.

Com o mesmo time da semifinal, o São Paulo entrou em campo com um time mesclado entre experiência e juventude e conseguiu novamente impor um grande desempenho físico. Mesmo sem Arboleda, a defesa formada por Léo e Diego Costa mostrou muita solidez e conseguiu segurar o ataque rival.

O grande destaque da noite foi o argentino Jonathan Calleri. O jogador mostrou novamente muito empenho e vontade e marcou dois gols – o primeiro em cobrança de pênalti nos minutos finais e o segundo completando cobrança de escanteio e finalizando para não dar chances a Weverton.

O jogo

O São Paulo entrou em campo para entregar muita disposição e vontade. O time de Rogério Ceni marcou pressão, criou oportunidades e conseguiu segurar o Palmeiras. O Alviverde teve duas chances de gol, porém, em ambas a bola foi para fora.

A equipe de Ceni demorou um pouco para conseguir finalizar, porém, nos minutos finais conseguiu uma importante vantagem. Após cruzamento do lado esquerdo, a bola resvalou no braço de Marcos Rocha e o juiz marcou pênalti. O argentino Jonathan Calleri foi para a cobrança e abriu o placar.

No segundo tempo, o São Paulo seguiu em cima em busca de ampliar a vantagem. O time criou chances, manteve a pressão e conseguiu o segundo tento com Pablo Maia – novamente o jovem de Cotia e acertou bonito chute para ampliar. A equipe marcou o terceiro novamente com Jonathan Calleri, após cobrança de escanteio – o atacante chegou aos oito gols no Campeonato Paulista.

O São Paulo não abaixou a pressão, porém, o rival conseguiu descontar em cobrança de falta de Raphael Veiga. O meia bateu falta e a bola desviou em Calleri para diminuir o placar.

Ficha Técnica

SÃO PAULO 3 x 1 PALMEIRAS

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 30/03/2022 (quarta-feira)
Horário: 21h40
Transmissão: Paulistão Play, Youtube, Premiere, HBO Max / Estádio TNT Sports, Record TV
Público: 60.383 pagantes
Renda: R$ 5.505.315,00

SPFC: Jandrei; Rafinha, Diego, Léo e Welington; Pablo Maia, Rodrigo Nestor (Andrés, 37/2), Igor Gomes e Alisson (Nikão, 28/2); Eder (Marquinhos, 23/2) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni

Gols: Calleri (pênalti), 50/1; Pablo Maia, 18/2; Calleri, 35/2

SEP: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Jailson, Zé Rafael (Atuesta, 29/2), Raphael Veiga e Gustavo Scarpa (Gabriel Veron, 24/2); Dudu (Wesley, 24/2) e Rony. Técnico: Abel Ferreira

Gol: Raphael Veiga, 39/2

Advertências: Abel Ferreira (técnico), 34/1; Patrick (banco), 35/1; Jailson, 46/1; Rodrigo Nestor, 11/2; Diego, 15/2; Jandrei, 41/2; Gabriel Veron, 46/2

Árbitro: Douglas Marques das Flores
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Alex Ang Ribeiro
Quarto árbitro: Thiago Luis Scarascati
Quinto árbitro: Evandro de Melo Lima
Analista de campo: Carlos Augusto Nogueira Junior
VAR: Jose Claudio Rocha Filho
AVAR1: Marco Antonio de Andrade Motta Junior
Observador VAR: Ednilson Corona

Próxima partida

Os rivais voltam a se encontrar no próximo domingo, às 16h, no Estádio do Morumbi.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorSão Paulo x Palmeiras: assista com imagens e de graça | Final do Paulistão 2022
Próximo PostEstatísticas de São Paulo 3 x 1 Palmeiras – Final do Paulistão 2022
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.