Alex:
Foto: São Paulo FC

Nesta quarta-feira (05), o São Paulo entra em campo para a primeira rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A equipe do treinador Alex encara o CSE-AL, às 19h, no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul-SP.

Para a competição, o treinador terá jogadores do Sub-20 e do Sub-17, com idades diferentes – apenas o jovem Juan não estará presente, pois, fará a pré temporada com a equipe profissional.

A média de idade dos atletas do Tricolor na competição será de 18 anos, apesar da competição permitir jogadores de até 21 anos – devido a pandemia do Covid-19 (algo semelhante ao que aconteceu nos Jogos Olímpicos de Tóquio).

Para o treinador, essa questão não pode ser desculpa da equipe: “Eu sou um técnico que não me preocupo com isso de idade. Óbvio que eu sei que faz diferença em um processo final dentro de campo, mas são jogadores que estão no São Paulo e representam um clube que é tricampeão do mundo. Se estão aqui é porque têm qualidade e a idade pouco importa nesse momento. Jamais vou usar isso como desculpa”, comentou Alex em entrevista ao UOL Esporte.

O treinador, que já foi jogador, sabe também que é preciso de paciência com os atletas. A Copinha terá a presença da torcida e o torcedor tem que ter paciência para não “queimar” um jovem talento.

É importante que o torcedor saiba que é uma equipe jovem. Mas uma equipe jovem com boa qualidade. Não vai ser isso que vai fazer com que o São Paulo jogue mais ou jogue menos. Não é algo que me preocupa, mas é importante que as pessoas saibam que é um processo. Tem muitos jogadores aqui que tem muita qualidade e pouca idade“, destacou o treinador. “De repente, não jogam bem por uma situação ou outra e já vem uma chancela de dizer que não serve para o clube. Ou ao contrário: joga bem alguns jogos e já chancelam como prontos para o time de cima”, finalizou Alex.

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe o que de melhor acontece no São Paulo FC: 
Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Conheça a nossa Loja

Post anteriorMauro Cezar Pereira comenta sobre a contratação de Patrick
Próximo PostSão Paulo começa 2022 com vitória pelo NBB
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.