Cueva e Pratto? Não, obrigado!

Olá amigos tricolores!

Recentemente uma enquete entre torcedores são-paulinos, questionou se nós tricolores, aceitaríamos o retorno de Cueva ao Tricolor. Quando vi a enquete confesso que ironizei, pois para mim é muito óbvia a resposta “Não”, mas inacreditavelmente, surpreendentemente, podemos colocar todos os “entes” possíveis, a grande parte dos votantes (desconfio que possa ter rivais infiltrados rsrs), 54,32% gostariam de ver Cueva novamente no Tricolor.

Fiquei extremamente surpreso com o resultado. Cueva teve uma passagem no mínimo conturbada no São Paulo entre 2016 e 2018. Seus melhores momentos foram em 2016, e no início de 2017, sendo um dos melhores meias atuando no futebol brasileiro naquele momento. Seu grande jogo com a camisa tricolor foi o 4 a 0 em cima do Corinthians, fazendo um gol de pênalti com cavadinha em Cássio e participando dos outros três gols.

O meia peruano é muito talentoso, habilidoso, boa visão de jogo, bate muito bem na bola, porém, seu comportamento extracampo e que por vezes o prejudicou em campo por onde passou, mostrando até uma falta de comprometimento com o clube, faz com que seja tratado mais como problema do que como solução no futebol atual. A resposta positiva pela maior parte dos torcedores, indica uma carência do nosso elenco na função de meia armador, mas cá entre nós, quase todos os clubes brasileiros sentem falta de um típico camisa 10, inclusive a seleção brasileira. Aliás o meia-central, como tínhamos aos montes até os anos 90, é cada vez mais raro no futebol mundial, e em muitos times até desnecessários, dependendo das características de seus atletas. Mas mesmo assim, para ter um elenco mais recheado de opções, seria interessante um jogador com as características do peruano no Tricolor, mas não ele.

Cueva já teve sua oportunidade e mostrou não ser um jogador confiável, sua passagem pelo Santos no ano passado a pedido do treinador Jorge Sampaoli, foi uma das piores contratações da história do clube. Como disse Muricy: “Cueva nem pensar!”

E o Pratto?

Outro ex-jogador que da mesma forma que Cueva não deixou saudades no Morumbi (na minha modesta opinião), teve seu nome ligado ao Tricolor para um possível retorno, Lucas Pratto. Apesar de ser um jogador sério e profissional, Pratto não conseguiu desenvolver um grande futebol desde que saiu do Atlético-MG. No São Paulo foram 14 gols em 48 jogos, um número muito baixo para um centroavante. Apesar de ter sido campeão da Libertadores em 2018 pelo River Plate e vice no ano passado (quando entrou no segundo tempo e foi muito mal), nunca foi titular absoluto.

Coincidentemente, Pratto jogou com Cueva naquele São Paulo de 2017 que brigava para não cair até a chegada de Hernanes, quando “O Profeta” nos salvou. O argentino de 32 anos é daqueles centroavantes de muita força física e pouca habilidade, e como é um jogador alto e pesado, indica estar mais lento a cada temporada, o que é muito complicado para o futebol atualmente. Creio que se o São Paulo investir em algum centroavante, deva ser num jogador em que esteja em condições físicas melhores e que possa compreender melhor o estilo de jogo de Fernando Diniz.

Lucas Pratto não é mal jogador, apenas acredito que um possível retorno para o Morumbi hoje não seria muito benéfico para o clube. Precisamos de jogadores que estejam com sede de vitória e bem fisicamente, para nos ajudar nessa temporada que pelo que tudo indica terá mais de dois jogos por semana em algumas ocasiões, mas isso já é outra conversa.

E você amigo, ainda acredita que Cueva e Pratto possam ser úteis para o São Paulo?

Comente, fique a vontade, vamos discutir, o mais importante é o bem do nosso Tricolor.

Vamos São Paulo!


Tiago de Melo. Profissional de Educação Física e Pós-Graduado em Jornalismo Esportivo. Apaixonado por futebol e um privilegiado por ser são-paulino desde sempre. Personal trainer presencial e online e gerenciador do blog TEM JOGO! Siga no Instagram @t.demelo e @tem_jogo

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Comente com sua conta do Facebook: