Confira 5 jogadores que passaram pela base do São Paulo e você provavelmente não se lembra

O São Paulo é um dos maiores formadores de atletas do Brasil. O CFA Cotia, inaugurado em 2005 por Marcelo Portugal Gouveia, é um celeiro de bons atletas de renome, tais quais Antony, Militão, Lucas e Casemiro. Alguns jogadores, contudo, tiveram breve estada no Tricolor ou foram dispensados logo cedo – restando poucas memórias da torcida desses períodos. Nessa toada, reunimos aqui 5 jogadores que passaram pela base do São Paulo e você provavelmente não se lembra.

1- Du Queiroz

Du Queiroz | Arquibancada Tricolor
Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

O jovem volante corintiano jogou na base do São Paulo dos 9 aos 13 anos. Quando completou essa idade, em 2013, o atleta acabou sendo dispensado do clube. Em entrevista ao podcast “Tá nas ideia”, Du falou sobre o período em Cotia.

Eu jogava no São Paulo dos nove aos treze anos. E aí fui mandado embora. Nesse meio tempo que eu fui mandado embora, por mais que eu fosse criança, foi difícil. Querendo ou não, eu estava lá e tinha um sonho – e você vê o sonho derramando por água abaixo“, disse ele.

Confira o vídeo com a declaração clicando aqui.

2 – Emerson Royal

Emerson Royal | Arquibancada Tricolor
Foto: AFP

Hoje em dia, o São Paulo enfrenta um grande problema no setor direito. O que o torcedor não deve se recordar é que o clube já contou com o lateral Emerson Royal, hoje na Seleção Brasileira, na sua base. O atleta ficou no clube até os 15 anos, sendo dispensado também do Grêmio e indo depois completar a formação na Ponte Preta.

Joguei com Gabriel Boschillia, Evandro e Auro. Fiquei até a metade do sub-15. Daí, fui mandado embora na metade do ano e fui ao Grêmio. No final do ano fui mando embora outra vez“, disse Emerson à ESPN.

3- Ederson

Ederson | Arquibancada Tricolor
Foto: AP

A transferência do goleirão Ederson rendeu ao Benfica 40 milhões de euros. É o segundo goleiro mais caro da história até então, atrás apenas de Buffon – vendido por 52 milhões de euros do Parma para a Juventus. E o arqueiro teve uma breve passagem pela base do Tricolor, entre 2006 e 2009.

Ederson, contudo, possuía forte concorrência no São Paulo. E, por estar atrás em termos físicos – com 1,75m e 56kg -, perdeu espaço e deixou o time. Poucos meses depois, estava no Benfica, de Portugal.

4- Hulk

Hulk no Galo | Arquibancada Tricolor
Foto:  Pedro Souza/Atlético-MG

Destaque absoluto em 2021 pelo Galo e artilheiro do Brasileirão e da Copa do Brasil, o atacante Hulk é outro que teve brevíssima passagem pelo Tricolor, na base. Mais precisamente, o jogador permaneceu no Morumbi por apenas seis meses. E o atleta teve um motivo bastante específico para sair do São Paulo: o clube não quis pagar uma casa no valor de 50 mil reais aos pais dele.

Meu empresário disse que não quiseram pagar R$ 50 mil para eu comprar uma casa para os meus pais. Aí, o Vitória veio e pagou. Fui embora. E comprei a casa“, disse ele em entrevista ao Diário de São Paulo, em 2017.

5 – Henrikh Mkhitaryan

Henrikh | Arquibancada Tricolor
Foto: Shaun Botterill/Getty Images

O meia armênio da Roma Henrikh Mkhitaryan teve uma passagem meteórica pelo juvenil do São Paulo. Ele desembarcou no tricolor aos 13 anos e permaneceu no clube por apenas quatro meses. Contudo, foi tempo suficiente para ele aprender a falar português. Em 2018, inclusive, ele fez uma postagem relembrando os tempos em que estava no Morumbi.

Veja abaixo ou clique aqui.

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter. Conheça a nossa Loja.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você concorda com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais