Mundial Interclubes 1993

Em uma tarde de domingo, mais precisamente dia 12 de dezembro de 1993, São Paulo e Milan protagonizaram o que pode ser considerada uma das finais mais disputadas de um Campeonato Mundial de Clubes, sendo o jogo com mais gols marcados no torneio.

Foi um 3×2 que, para quem estava assistindo ao vivo e/ou no estádio, pode-se dizer ter sido um verdadeiro teste para cardíacos! Na época, o São Paulo buscava o bicampeonato mundial de forma consecutiva, já que havia vencido o Barcelona em 1992, tendo seu primeiro título mundial. No caso, muita gente dizia que o São Paulo igualaria o Santos de Pelé, que venceu os mundiais de 1962 e 1963.

O São Paulo havia vendido o camisa 10, Raí, para o Paris Saint-Germain, e o então jovem, Leonardo, assumiu o seu lugar. Foi uma das melhores partidas do atual dirigente/treinador. Com lances decisivos e assistências, foi considerado um dos melhores jogadores da partida, mesmo sem anotar nenhum gol.

Já o Milan, mesmo sem Laudrup, Boban e Van Basten, foi um time extremamente competitivo. Massaro, Donadoni e Papin foram os destaques do time italiano, que também contava uma linha zaga composta por ninguém mais, ninguém menos que, Panucci, Baresi, Costacurta e Maldini. Isso sem falar no goleiro Sebastiano Rossi e o meia francês, Desailly.

A partida ficou marcada pelo placar apertado e extremamente disputado. O São Paulo abriu o placar com Palhinha, ainda no primeiro. No segundo tempo o Tricolor sofreu o empate com gol de Danielle Massaro, mas voltou a estar na frente com gol de Toninho Cerezo, sofrendo o empate novamente, com gol de Papin. Quando tudo parecia se encaminhar para um empate dramático, faltando 3 minutos para o final do jogo, Leonardo ganha disputa de bola, Cerezo pega a sobra e lança Muller em profundidade. O camisa 7 disputou a bola com o goleiro Rossi, pulando meio que de lado. A bola tocou no seu calcanhar e foi para o gol bem devagar, deixando os italianos em desespero. Com o placar de 3×2, o São Paulo se sagrou Bicampeão Mundial de Clubes.

Ficha Técnica

12.12.1993 – 14h00 (horário de Brasília)
Tóquio – Japão
Estádio Olímpico de Tóquio

Público: 55.275 pessoas

Associazione Calcio MILAN 2 x 3 SÃO PAULO Futebol Clube

AC Milan: Rossi; Panucci, Baresi (C), Costacurta e Maldini; Albertini, Donadoni e Desailly; Massaro, Papin e Raduciou.
Téc.: Fábio Capello

São Paulo FC: Zetti; Cafu, Válber, Ronaldão e André Luiz; Doriva, Dinho, Toninho Cerezo (C) e Leonardo; Palhinha e Muller.
Téc.: Telê Santana

Arbitragem: Joël Quiniou (França), com seus assistentes, Park Hae-Yong (Coréia do Sul) e Morihisa Yamaguchi (Japão)

Gols (na ordem): Palhinha (1T – 18′), Massaro (2T – 2′), Toninho Cerezo (2T – 13′), Papin (2T – 35′) e Muller (2T – 42′)

Cartões amarelos: Papin (Milan), Toninho Cerezo e Ronaldão (SPFC)

Substituições: No Milan saíram Albertini e Raduciou. Entraram Orlando e Tassotti. Ambas as mudanças aconteceram aos 34′ do 2T. No São Paulo, Juninho Paulista entrou no lugar de Palhinha aos 19′ do 2T.

Melhores Momentos

Partida Completa

Reportagem Especial

Curiosidades

  • Originalmente, o São Paulo deveria ter enfrentado o Olimpique de Marselha-FRA. No entanto, após os franceses serem campeões da Champions League daquele ano após derrotarem o Milan por 1×0, foram descobertas diversas participações do clube em subornos à árbitros. Com isso, o Milan herdou o título europeu, enquanto os franceses sofreram punições graves.
  • Rogério Ceni já estava no banco de reservas nesta partida, tendo assim, conquistado seu primeiro campeonato mundial, mesmo ainda jovem.
  • Na véspera do jogo, Telê Santana teve uma reunião com dirigentes da Liga Japonesa de Futebol, em que se tratava da possibilidade de o nosso mestre ser o treinador da Seleção Japonesa em 1994, o que não aconteceu.
  • Toninho Cerezo foi eleito o melhor jogador da partida.

Galeria de Fotos

Conteúdo Relacionado

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter. Conheça a nossa Loja.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você concorda com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais