O São Paulo perdeu por 4x2 para a LDU ontem em partida da Libertadores
Foto: Staff Images / Conmebol

Com as oitavas da Libertadores mais distante, a Sul-Americana pode ser o destino do São Paulo

Depois do empate em casa com o River Plate por 2×2 e da derrota no Equador por 4×2 para a LDU, o São Paulo viu a chance de se classificar para as oitavas da Libertadores diminuir drasticamente.

Para contextualizar:

Com os resultados das últimas partidas, a tabela do grupo D ficou assim:

1º – LDU – 12 pontos
2º – River Plate – 7 pontos (saldo de gols: 11)
3º – São Paulo – 4 pontos (saldo de gols: 0)
4º – Binacional – 3 pontos

Para passar da fase de grupos o Tricolor precisa:
– De uma vitória diante do River Plate na próxima terça-feira, 30 de setembro, na Argentina e depois vencer o Binacional no Morumbi na última rodada da fase de grupos da competição e torcer para um empate ou derrota do River Plate para a LDU.

– Caso o time argentino vença a LDU, o Tricolor precisaria marcar 11 gols nesses dois últimos confrontos. Todavia, se o São Paulo perder para o River Plate na próxima rodada já está eliminado da Libertadores. Com um empate a equipe está praticamente fora.

Então, a partir do momento de se não ter mais chances de se classificar às oitavas, o Tricolor briga com o Binacional pela 3ª posição do grupo que concede uma vaga para a Sul-Americana.

Não é impossível o São Paulo ainda avançar na Libertadores, o que torna essa possibilidade quase que impensável é por causa do desempenho que vemos do time dentro de campo, principalmente nas últimas partidas. Sem vontade de vencer, desorganizado, sem criatividade e totalmente previsível.

O time comandado pelo técnico Fernando Diniz tem uma ideia de jogo que não consegue colocar em prática de maneira efetiva e quando precisa mudar para surpreender o adversário se perde e acaba se complicando.

Diniz fez algumas mudanças na equipe que de primeiro momento pareceram dar certo, mas que na verdade só surtiram efeito em partidas mais fáceis. Nos jogos que os adversários eram favoritos e que seria improvável vencer, o Tricolor realmente não conseguiu bons resultados. Ex: Atlético Mineiro e River Plate.

Mudanças precisam ser feitas e por mais que as peças do elenco sejam limitadas é necessário que algo seja feito. Alguns titulares estão merecendo ir pro banco e lugar pela vaga na equipe, já outros estão pedindo espaço para poder mostrar serviço.

Acredito que na atual situação precisamos de jogadores que primeiramente queiram jogar, que deem o máximo de si e joguem com raça porque precisamos dos resultados a todo custo, começando pelo Internacional no final de semana e depois contra o River Plate na terça, caso ainda almejemos continuar na Libertadores.

Do contrário precisamos nos contentar com a ideia de brigar com o Binacional pela 3ª colocação e ir para a Sul-Americana…

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: Staff Images / CONMEBOL