Ceni é sutil ao reclamar da arbitragem contra o Ayacucho
Foto: Reprodução

O técnico Rogério Ceni concedeu entrevista coletiva após a vitória do São Paulo sobre o Ayacucho por 3×2. Ao lado de Luciano, que foi considerado o melhor jogador da partida, Ceni falou por 15 minutos exclusivamente em espanhol, respondendo às perguntas dos repórteres locais. Ao ser questionado se havia sido realmente pênalti no lance do gol de Luciano, o técnico fez uma sutil crítica à arbitragem da partida, sem VAR.

Segundo o técnico são-paulino, houve dois outros pênaltis, além do convertido, que não foram marcados pelo juiz. E atribuiu a não marcação a ausência do árbitro de vídeo no jogo.

Foram três pênaltis. Somente um o árbitro marcou. Foram três, Ele escolheu um e marcou. Como não há VAR, nós não pudemos enfrentar o árbitro. Merecemos a vitória e compreendemos a maneira como jogou o Ayacucho e respeitamos. Mas não há dúvida no pênalti: nem o terceiro não há dúvida, o segundo, que pegou na mão, também, não. Foram três pênaltis no segundo tempo“, reclamou o treinador.

Confira a entrevista coletiva completa abaixo. Ou clique aqui.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorMídia peruana destaca vitória do São Paulo sobre o Ayacucho
Próximo PostTchê Tchê atua pelo Galo na Libertadores, faz gol e entra na Seleção da 1ª rodada pelo índice Footstats
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.