Foto: Reprodução / Conmebol

São Paulo e Racing se enfrentaram pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores e o Tricolor conseguiu a classificação às quartas de final após fazer grande partida e vencer por 3 a 1.

O técnico Hernán Crespo finalmente pôde contar com Miranda e Rigoni, além de surpreender com Marquinhos entre os titulares. As mudanças fizeram efeito e os três foram fundamentais para o triunfo são-paulino em Avellaneda.

Primeiro Tempo

A primeira etapa foi muito diferente do que vimos no Morumbi, pois ambos os times estavam afim de jogo e mostraram bastante intensidade. A volta do trio de defesa titular trouxe segurança ao Tricolor, que graças a um belo tranalho de Léo, Arboleda e principalmente Miranda não sofreu com os ataques rivais. Na frente, Marquinhos teve personalidade e incomodou a defesa argentina, Benítez foi participativo e buscou passes agudos, enquanto que Rigoni e Gabriel Sara arriscavam finalizações. Foi dos pés de Sara a melhor chance são-paulina, mas o meia acabou chutando para fora aos 9 minutos. A boa atuação foi premiada próxima do fim dos 45 minutos, Miranda roubou a bola na defesa e fez um excelente lançamento para Marquinhos, que acertou a trave, porém Rigoni pegou o rebote e abiu o placar.

Segundo Tempo

No segundo tempo o Tricolor foi arrasador como há muito tempo não se via e liquidou a partida logo nos primeiros minutos. Marquinhos confirmou a aposta de Crespo em seu futebol e anotou o segundo depois de um belo passe de Benítez. Atordoados, os donos da casa deram espaço para o contra-ataque, Marquinhos serviu Rigoni, que fez mais um na noite.

Como fica?

O São Paulo está garantido nas quartas de final e agora aguarda a definição do resultado do confronto entre Palmeias e Universidad Católica nessa quarta-feira. O verdão tem a vantagem, pois venceu o primeiro jogo por 1 a 0.

Acompanhe o nosso pós-jogo

Post anteriorConversas entre São Paulo e Benedetto voltam a esquentar
Próximo PostMelhor em campo, Rigoni exalta bom futebol, fala de Marquinhos e foge de polêmica
Formado em jornalismo pela Faculdade das Américas. Sempre amei escrever e sempre amei o São Paulo Futebol Clube. Essas duas paixões me motivam a produzir conteúdo sobre o meu time do coração. Mas eu também gosto de falar política, história e entretenimento. Porém, já aviso que minhas opiniões não são simples a respeito de nada. O mundo é complexo e eu não sou diferente.