Corte dos salários acima do esperado irrita jogadores do São Paulo

Na semana em que serão retomados os treinos no CT da Barra Funda, alguns jogadores do São Paulo se mostraram irritados por ter acontecido um corte dos salários acima do esperado.

Segundo o GloboEsporte.com, houveram alguns atrasos e o não pagamento dos 50% na CLT previstos no início da pandemia. A porcentagem paga foi correspondente 20% dos salários na carteira, conforme a reclamação de alguns atletas.

Quais serão as medidas tomadas?

O diretor de futebol do clube, Raí, deverá fazer uma reunião com os atletas essa semana para explicar sobre a situação. A ideia é pagar o que está atrasado e depois negociar um novo acordo salarial.

Por isso, o clube pensa em estender até o final do ano o corte salarial dos jogadores em 50%. Uma outra possibilidade a ser analisada é o empréstimo em banco.

Na semana passada, o presidente do Tricolor, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, afirmou que vender jogadores depois da pandemia será questão de sobrevivência.

Os jogadores que estão sendo sondados por times europeus são Igor Gomes e Liziero, ambos atletas formados na base do clube. Antony já foi negociado com o Ajax e a previsão é que se apresente no início do mês que vem no clube holandês.

Fonte: Marcelo Hazan / GloboEsporte.com
Foto: São Paulo FC

Comente com sua conta do Facebook: