Tréllez
Foto: Reprodução / Sport CR

Os jogadores emprestados pelo São Paulo atuaram pela 10ª rodada da Série A do Brasileirão nesta quarta-feira, confira os seus desempenhos:

Quarta-Feira – 07 de Julho

Helinho e Danilo Gomes / RB Bragantino 1 x 1 Cuiabá

Duelo dos atacantes de Cotia em Bragança Paulista, com ambos titulares, mas com pouco destaque. Helinho permaneceu em campo por 80 minutos, tendo contribuído com 38 toques na bola e uma precisão de 74% em seus passes. O atacante teve um passe decisivo, sofreu três faltas, porém as 11 perdas de posse de bola e as três faltas cometidas deixaram a sua nota em 6.8.

Danilo Gomes foi substituído aos 74 minutos e teve a mesma nota que Helinho. Danilo deu 30 toques na bola e acertou sete dos doze passes tentados. A nota baixa também tem relação com as perdas de posse de bola, que foram 12 ao todo.

Paulinho Bóia / Bahia 1 x 0 Juventude

Novamente titular, Paulinho Bóia desta vez não teve destaque na partida do Juventude. O atacante permaneceu em campo por 66 minutos e saiu de campo com a nota 6.9. Bóia teve 38 toque na bola e acertou uma finalização no gol, além de ter realizado 3 desarmes. O atacante perdeu 15 posses de bola e cometeu 2 faltas, o que contribuiu para não alcançar a nota 7.

Tchê Tchê / Atlético-MG 2 x 1 Flamengo

Tchê Tchê foi titular na importante vitória do Atlético-MG em casa contra o Flamengo. O volante jogou os 90 minutos, porém com a segunda pior nota entre os titulares: apenas 6.4. Foram 49 toques na bola, uma precisão de 95% nos passes (39/41) e uma finalização em gol, fora outras duas bloqueadas. As 5 faltas cometidas e as 4 perdas de posse de bola contribuíram para a baixa nota pelo SofaScore.

Júnior Tavares e Tréllez / Atlético-GO 1 x 1 Sport

A dupla do Sport Recife entrou em campo novamente, desta vez contra o Atlético-GO, que em breve deve receber o reforço de Toró, que estava no Sport. Júnior Tavares foi novamente titular na lateral-esquerda e teve uma contribuição discreta: foram 60 toques na bola, precisão de 79% nos passes e uma finalização para fora, porém com 17 perdas de bola, o lateral saiu de campo com a nota 6.9.

O atacante Tréllez começou no banco de reservas, mas atuou os últimos 26 minutos do jogo. Tréllez não teve nenhuma finalização, conseguiu apenas um drible e sofreu duas faltas, além de ter cometido outras duas. Segundo o SofaScore, a sua nota final foi 6.7. O atacante fez isso aqui no final do jogo:

Post anteriorMelhor em campo contra o Inter, Rigoni tranquiliza torcida após substituição: “Nada grave”
Próximo PostJornal português fala sobre interesse do São Paulo no zagueiro Pedro Henrique
Um dos fundadores do Arquibancada Tricolor, fã do M1TO Rogério Ceni e amante do bom futebol. Tenho perdido algumas horas de sono vendo NBA e NFL.