Ex-jogador, revelado pelo São Paulo, conta que treinava bêbado no rival

Foto: Reprodução

Apesar de ser ídolo no rival Corinthians, o ex-jogador Emerson Sheik, multicampeão no futebol nacional, foi revelado nas categorias de base do São Paulo – no final da década de 1990. Ele, inclusive, já declarou gratidão ao clube por tê-lo ajudado a realizar o seu sonho de ser atleta do futebol, a despeito das constantes provocações da época em que retornou ao Brasil e ajudou o time do Parque São Jorge a conquistar a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes.

Foi o São Paulo que abriu as portas para o meu sonho, que era ser jogador. Ali eu fiz toda a minha base, cresci como ser humano e pessoa, aprendi a ser gente. Eu vim de uma favela, não sabia nem comer frango com garfo e faca, porque em casa a gente pegava com a mão. Fiquei extremamente emocionado com o São Paulo. Foi ali que eu comecei“, disse ele, em entrevista reproduzida pela Gazeta Esportiva.

Mais recentemente, em um bate-papo no podcast do jornalista Benjamin Back, Sheik revelou que, em muitas oportunidades, chegou a treinar bêbado no Corinthians.

Muitas vezes (cheguei bêbado para treinar). Só que, no seguinte, dificilmente isso chegava ao técnico Tite. Na época, inclusive, o Carille era auxiliar de Tite, então ele fazia muito isso (de acobertá-lo). Por isso, tenho essa intimidade e parceria com o Fábio“, expôs o ex-atleta.

Confira aqui a matéria completa, no UOL Esportes.

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter.

Compartilhe esta notícia