Marco Aurélio Cunha brinca com Lugano: “Está me devendo!”; entenda a história

A edição desta sexta-feira (14) do Resenha ESPN é especial com dois médicos que marcaram a história recente de São Paulo e Corinthians: Marco Aurélio Cunha e Joaquim Grava. E o antigo dirigente do Morumbi se divertiu com Diego Lugano ao lembrar de uma partida em que o ex-zagueiro fraturou o nariz. O programa irá ao ar às 22 horas, com apresentação de André Plihal e participações de Fábio Luciano e do próprio Lugano.

E o ex-zagueiro lembrou do dia em que Marco Aurélio Cunha o obrigou a fazer cirurgia, após levar uma cotovelada e quebrar o nariz em 18 partes. O caso aconteceu em partida do Campeonato Paulista de 2006, em que o time do Morumbi foi vice-campeão.

“Não queria demonstrar dor no campo. Mas cheguei no vestiário com muita dor de cabeça. E o Marco já falou para mim: ‘Você vai operar amanhã’”. Lugano continua contando que ele não queria operar porque tinha o jogo de volta contra o Guarani. Marco Aurélio explicou para ele que se não operasse, ele ia ficar com o nariz deformado.

Lugano insistiu que não iria operar, mas Marco Aurélio Cunha o chamou de lado: “Vem cá, Luga. Com a bolinha que você está jogando, é melhor ficar com a carinha bonita que vai te dar muito mais benefício”. E o ex-jogador lembrou: “No outro dia, eu estava na cirurgia”.

Com a história contada por Lugano, Marco Aurélio Cunha não deixou de brincar com o zagueiro. “Foi importante. Continua elegante. Nariz torto não dá. Hoje, ele ganha dinheiro com a imagem. Até isso ele está me devendo!”.

O médico teve marcante passagem pelo São Paulo, clube no qual ele também é conselheiro. Como dirigente, esteve com a equipe na conquista da Libertadores e do Mundial de 2005, além dos três Brasileiros vencidos em 2006, 2007 e 2008.

Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter. Conheça a nossa Loja.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você concorda com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais