Cicinho analisou o trabalho de Fernando Diniz no São Paulo
Foto: Reprodução / ESPN

O ex-jogador Cicinho é o entrevistado desta sexta-feira (22) do Resenha Digital, da ESPN, e um trecho da entrevista foi divulgada nas redes sociais em que o ex-atleta fala a sua opinião sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo técnico Fernando Diniz à frente do São Paulo.

Para ele, o maior culpado da goleada sofrida pelo Tricolor diante do Internacional é do treinador.

“Na minha opinião, eu colocaria mais na conta do Diniz. É óbvio o sistema de jogo, é óbvio que as equipes adversárias já se prepararam para essa saída de jogo do São Paulo. Então, um treinador de um time grande como o São Paulo precisa ter um leque de opções, até porque tem jogadores com condições de fazer isso. Eu não posso assistir um jogo do São Paulo com o time perdendo de quatro e o treinador colocar o Paulinho Bóia de lateral-direito, sendo que é um driblador. Se o time não tá conseguindo passar na zaga do adversário, não tá conseguindo com o toque, geralmente o que o treinador fala? Vamos tentar na jogada individual. Aí você coloca um atacante rápido no sistema defensivo? São atitudes que não são legais”.

O jogador que foi campeão mundial com a camisa Tricolor também foi enfático em fazer que Diniz não é um treinador à altura do São Paulo e citou Paulo Autuori, com quem trabalhou em 2005, como exemplo.

“Na verdade, o Diniz, na minha opinião, não é um treinador à altura do São Paulo porque um treinador de time grande tem muitas opções de jogo. Pega o Paulo Autuori quando chegou em 2005 no São Paulo, viu que eu e o Júnior éramos mais fortes ofensivamente do que defensivamente e mudou todo um trabalho que o Leão vinha fazendo do sistema 4-4-2 e deu certo. E no São Paulo você não vê isso, é só aquela saída de jogo que ninguém aguenta mais, até o torcedor adversário tá com raiva”.

O programa com a entrevista completa com Cicinho vai ao ar hoje (22), às 20h, no Facebook da ESPN Brasil e no YouTube do Fox Sports.

Foto: Reprodução / ESPN