Militão está no time do FIFA 23
Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Acionado pela Fifa clube português quita os R$ 2,5 milhões de dívida

O zagueiro Éder Militao foi vendido pelo São Paulo em 24 de julho de 2018 após surgir como um vulcão e virar rapidamente titular da equipe. O zagueiro fez parte da equipe que liderou o Brasileirão em 2018 e após sua saída o Tricolor não conseguiu encontrar um substituto a altura e acabou perdendo a força no torneio.

O zagueiro chegou a Portugal e também foi bem no clube do dragão. No time europeu, jogou 47 partidas com destaque para a temporada 2018-19 onde foi até as quartas de final da Champions com o Porto.

No fim da temporada, foi vendido ao Real Madrid e gerou R$ 25 milhões, e terminou a temporada 2020-21 como titular da equipe de Zidane.

Porém, sua venda ao Porto foi concretizada apenas na manhã dessa quarta-feira (26). Apesar de seus direitos federativos terem sido concedidos ao time português em 2018, o Porto não efetuou o pagamento completo da venda e ficou com a pendência de R$ 2,5 milhões.

O São Paulo fechou a negociação com o seguinte processo para o pagamento: venda total por 4 milhões de euros (cerca de R$ 17,7 milhões na cotação da época), com a inclusão de 10% do total de uma venda futura no negócio. No total, a transferência foi fechada em 7 milhões de euros (R$ 30,6 milhões na cotação da época), dos quais 3 milhões de euros (R$ 13,1 milhões) foram destinados ao estafe do atleta (comissões para empresários) e ao próprio jogador.

O valor pendente obrigou o Tricolor a acionar a Fifa para receber do clube português. Como o pagamento não foi realizado, a Fifa puniu o Porto com o transfer ban na última segunda-feira (a punição seria a proibição de contratações e vendas nas janelas de transferências).

Com isso, a equipe fez o pagamento nessa quarta do valor de R$ 2,5 milhões e concluiu a transferência financeira de Éder Militão.

Post anteriorSAIU! Confira os bastidores do título do São Paulo do Paulistão 2021
Próximo PostEquipe alternativa, estrutura mantida | Tática Didática
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.