Relembre a campanha do São Paulo no Brasileirão 2021

O São Paulo entrou no Campeonato Brasileiro com muita expectativa, mas, após 38 rodadas, o torcedor deixa o torneio com uma sensação de alívio e frustração.

O Tricolor começou a campanha encarando o Fluminense no Morumbi, após as comemorações do título Paulista. Porém, no primeiro duelo no Morumbi, o São Paulo percebeu a diferença no tipo de enfrentamento. Volpi precisou defender um pênalti e a equipe ficou apenas no empate por 0x0.

A segunda rodada foi marcada pela primeira derrota da equipe. O time foi dividido na semana (já que tinha uma viagem até o Piauí pela Copa do Brasil) e a equipe titular foi facilmente batida pelo Atlético-GO, fora de casa.

As primeiras rodadas seguiram com o time sofrendo com a parte física e perdendo jogador por lesão a cada rodada. O Tricolor deixou ponto importantes contra a Chapecoense e o Cuiabá e começou a figurar entre os times que lutavam contra o rebaixamento.

O time começou a respirar quando encarou o Corinthians, em Itaquera. A equipe definiu que não sairia com a derrota e fez uma partida amarrada e o jogo terminou sem nenhuma grande chance. Posteriormente a isso, o time conquistou duas vitórias importantes, contra Internacional e Bahia e subiu na tabela.

As vitórias foram importantes para o time conseguir ir com tranquilidade ao duelo da Libertadores, contra o Racing. O time passou de fase, mas, sofreu uma goleada catastrófica contra o Flamengo por 5×1 e o treinador Hernán Crespo começou a dar sinais que poderia ter o trabalho interrompido.

Apesar da derrota, o time teve uma resposta positiva e bateu o Vasco no duelo pelas oitavas de final e ficou próximo de uma vitória contra o Palmeiras – um erro de arbitragem impediu a vitória do time.

A equipe então entrou na semana do Choque-Rei, começando contra o Athletico-PR fora de casa – no duelo, Pablo brilhou e garantiu a vitória da equipe por 2×1. O São Paulo então pegou o Palmeiras na Copa Libertadores e caiu para o rival, ficando com a Copa do Brasil e o Brasileirão no fim do semestre.

O time emendou duas vitórias (contra Grêmio e Sport) e abriu o duelo contra o Fortaleza empolgando a torcida por 80 minutos – nos dez minutos finais, porém, o time sofreu dois gols e viu a vaga escorrer pelos dedos.

Após cair contra o Fortaleza – em duelo facilmente batido, o Tricolor seguiu claudicante no Brasileirão. Em uma sequência de quatro jogos no Morumbi e uma visita a Chapecoense fora de casa, a equipe somou sete dos 15 pontos e viu a pressão aumentar contra o rebaixamento.

Hernán Crespo fechou o trabalho no empate por 0x0 contra o Cuiabá. Rapidamente, a diretoria acertou com Rogério Ceni e o treinador começou o trabalho contra o Ceará, em novo empate no Morumbi – desta vez por 1×1.

Com o novo treinador, o time teve um desempenho curto positivo no Morumbi. A equipe venceu o Corinthians e o Internacional e se afastou do Z4, porém, o time seguiu perdendo fora de casa e chegou ao duelo contra o Flamengo precisando da vitória.

Veja também:
Os jogos do São Paulo na temporada 2021

Porém, a necessidade não ajudou o time. Nem mesmo os torcedores que lotaram o Morumbi e o time foi batido em dez minutos (o Flamengo abriu 2×0 e Calleri foi expulso antes dos 11 minutos da primeira etapa). No fim, o Flamengo anotou 4×0 e somou 9×1 no confronto da temporada.

O time então via uma sequência definitiva de seis confrontos para garantir a permanência na Série A. O primeiro jogo era marcado por um Choque-Rei e o time surpreendeu e bateu o Palmeiras por 2×0, fora de casa.

Na sequência, o time encarou dois jogos no Morumbi (contra Athletico-PR e Sport) e somou quatro pontos. Com os 45 pontos, o time viu a chance de ser rebaixado diminuir consideravelmente.

Porém, a equipe possuia mais três jogos – com dois fora de casa. No primeiro, a equipe fez uma péssima partida e foi facilmente batida pelo Grêmio por 3×0 – o duelo ficou marcado por algumas mudanças táticas de Ceni e que se provaram incorretas.

A segunda, marcou uma decisão da equipe no Morumbi. O time contou com o apoio da torcida, algo recorrente nas últimas temporadas, e venceu com show de Luciano (o atacante marcou quatro gols na temporada, dois deles no duelo contra a equipe gaúcha).

Com os 48 pontos, o time foi até Minas Gerais e chegou a ter chances reais de ir a Libertadores, porém, foi facilmente batido pelo América-MG (com show de Ademir) e se manteve na zona de classificação a Copa Sul-Americana.

No fim, o time ficou com a 13ª posição do Brasileirão, com 48 pontos – foram 11 vitórias, 15 empates e 12 derrotas. O time não ficou nenhuma rodada entre os 10 primeiros da tabela de classificação.

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe o que de melhor acontece no São Paulo FC
Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Conheça a nossa Loja

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você concorda com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Ler mais