O São Paulo entrou no Campeonato Brasileiro com muita expectativa, mas, após 38 rodadas, o torcedor deixa o torneio com uma sensação de alívio e frustração.

O Tricolor começou a campanha encarando o Fluminense no Morumbi, após as comemorações do título Paulista. Porém, no primeiro duelo no Morumbi, o São Paulo percebeu a diferença no tipo de enfrentamento. Volpi precisou defender um pênalti e a equipe ficou apenas no empate por 0x0.

A segunda rodada foi marcada pela primeira derrota da equipe. O time foi dividido na semana (já que tinha uma viagem até o Piauí pela Copa do Brasil) e a equipe titular foi facilmente batida pelo Atlético-GO, fora de casa.

As primeiras rodadas seguiram com o time sofrendo com a parte física e perdendo jogador por lesão a cada rodada. O Tricolor deixou ponto importantes contra a Chapecoense e o Cuiabá e começou a figurar entre os times que lutavam contra o rebaixamento.

O time começou a respirar quando encarou o Corinthians, em Itaquera. A equipe definiu que não sairia com a derrota e fez uma partida amarrada e o jogo terminou sem nenhuma grande chance. Posteriormente a isso, o time conquistou duas vitórias importantes, contra Internacional e Bahia e subiu na tabela.

As vitórias foram importantes para o time conseguir ir com tranquilidade ao duelo da Libertadores, contra o Racing. O time passou de fase, mas, sofreu uma goleada catastrófica contra o Flamengo por 5×1 e o treinador Hernán Crespo começou a dar sinais que poderia ter o trabalho interrompido.

Apesar da derrota, o time teve uma resposta positiva e bateu o Vasco no duelo pelas oitavas de final e ficou próximo de uma vitória contra o Palmeiras – um erro de arbitragem impediu a vitória do time.

A equipe então entrou na semana do Choque-Rei, começando contra o Athletico-PR fora de casa – no duelo, Pablo brilhou e garantiu a vitória da equipe por 2×1. O São Paulo então pegou o Palmeiras na Copa Libertadores e caiu para o rival, ficando com a Copa do Brasil e o Brasileirão no fim do semestre.

O time emendou duas vitórias (contra Grêmio e Sport) e abriu o duelo contra o Fortaleza empolgando a torcida por 80 minutos – nos dez minutos finais, porém, o time sofreu dois gols e viu a vaga escorrer pelos dedos.

Após cair contra o Fortaleza – em duelo facilmente batido, o Tricolor seguiu claudicante no Brasileirão. Em uma sequência de quatro jogos no Morumbi e uma visita a Chapecoense fora de casa, a equipe somou sete dos 15 pontos e viu a pressão aumentar contra o rebaixamento.

Hernán Crespo fechou o trabalho no empate por 0x0 contra o Cuiabá. Rapidamente, a diretoria acertou com Rogério Ceni e o treinador começou o trabalho contra o Ceará, em novo empate no Morumbi – desta vez por 1×1.

Com o novo treinador, o time teve um desempenho curto positivo no Morumbi. A equipe venceu o Corinthians e o Internacional e se afastou do Z4, porém, o time seguiu perdendo fora de casa e chegou ao duelo contra o Flamengo precisando da vitória.

Veja também:
Os jogos do São Paulo na temporada 2021

Porém, a necessidade não ajudou o time. Nem mesmo os torcedores que lotaram o Morumbi e o time foi batido em dez minutos (o Flamengo abriu 2×0 e Calleri foi expulso antes dos 11 minutos da primeira etapa). No fim, o Flamengo anotou 4×0 e somou 9×1 no confronto da temporada.

O time então via uma sequência definitiva de seis confrontos para garantir a permanência na Série A. O primeiro jogo era marcado por um Choque-Rei e o time surpreendeu e bateu o Palmeiras por 2×0, fora de casa.

Na sequência, o time encarou dois jogos no Morumbi (contra Athletico-PR e Sport) e somou quatro pontos. Com os 45 pontos, o time viu a chance de ser rebaixado diminuir consideravelmente.

Porém, a equipe possuia mais três jogos – com dois fora de casa. No primeiro, a equipe fez uma péssima partida e foi facilmente batida pelo Grêmio por 3×0 – o duelo ficou marcado por algumas mudanças táticas de Ceni e que se provaram incorretas.

A segunda, marcou uma decisão da equipe no Morumbi. O time contou com o apoio da torcida, algo recorrente nas últimas temporadas, e venceu com show de Luciano (o atacante marcou quatro gols na temporada, dois deles no duelo contra a equipe gaúcha).

Com os 48 pontos, o time foi até Minas Gerais e chegou a ter chances reais de ir a Libertadores, porém, foi facilmente batido pelo América-MG (com show de Ademir) e se manteve na zona de classificação a Copa Sul-Americana.

No fim, o time ficou com a 13ª posição do Brasileirão, com 48 pontos – foram 11 vitórias, 15 empates e 12 derrotas. O time não ficou nenhuma rodada entre os 10 primeiros da tabela de classificação.

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe o que de melhor acontece no São Paulo FC: 
Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Conheça a nossa Loja

Post anteriorSão Paulo fecha participação no Brasileirão com derrota
Próximo PostRelembre os jogadores que garantiram pontos ao São Paulo no Brasileirão
Pedro Vinicius, 24 anos e sou de São Paulo. Formado em jornalismo e especialista em jornalismo esportivo sou apaixonado por futebol desde sempre.