São Paulo garante duas vendas e respira na parte financeira
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Segundo informação do repórter Eduardo Rodrigues, do Globo Esporte, o São Paulo pode contar com o retorno de seis atletas que estão emprestados. Saiba quem são e confira a situação de cada um.

Toró – Atlético-GO

O jovem atacante de 22 anos, revelado em Cotia, tem tido pouco espaço no clube goiano. Foram apenas oito jogos na temporada, todos eles saindo do banco de reservas. Até agora nenhum gol marcado. Com contrato até final de 2022, a tendência é de que seja emprestado novamente.

Helinho – Red Bull Bragantino

Bem utilizado pelo técnico Maurício Barbieri, Helinho tem seis gols em 38 jogos. Seu retorno para o clube do Morumbi é visto como pouco provável, pois há uma cláusula contratual que permite o Bragantino a exercer o direito de compra do atleta. O clube já sinalizou o São Paulo que deve contar com Helinho em definitivo. Caso o jogador não continue no clube de Bragança Paulista, Helinho retornaria ao São Paulo para cumprir seu contrato até abril de 2023.

Jean – Cerro Porteño

Envolvido em caso de violência doméstica contra ex-mulher, o goleiro Jean foi emprestado ao Atlético-GO na temporada passada e posteriormente repassado ao Cerro Porteño, do Paraguai, onde é o titular da posição. O São Paulo já deixou bem claro que não pretende reintegrar o atleta ao elenco principal. O goleiro deve permanecer no clube paraguaio ou ser emprestado a outro clube até dezembro de 2022, quando termina seu contrato com o Tricolor.

Lucas Kal – América-MG

Zagueiro de origem e também cria de Cotia, Lucas Kal teve passagens por Guarani, Vasco e Nacional, de Portugal. Hoje, está emprestado ao América-MG e tem sido utilizado como volante por Vagner Mancini. Com cinco jogos no Brasileirão, o defensor tem tido boas atuações pelo clube mineiro. Já são três assistências e um gol marcado. Seu contrato com o São Paulo vai até dezembro de 2022 e existe a possibilidade de ser aproveitado pela comissão técnica.

Paulinho Boia – Juventude

Desde junho atuando pelo Juventude, Paulinho Boia teve bom começo na equipe gaúcha e foi conquistando seu espaço entre os titulares. Porém, na semana passada o atacante foi afastado pela diretoria por descumprir protocolos do clube. A relação entre o atleta e a diretoria está estremecida. Dessa forma, o Juventude não deve optar por sua permanência no clube. A tendência é de que o jogador seja novamente emprestado.

Dênis Junior – Bahia

O goleiro foi emprestado ao Bahia no início do ano e chegou a atuar em algumas partidas do Campeonato Baiano. Todavia, no momento, é o titular da equipe Sub-23. Ele era o terceiro goleiro do São Paulo e foi emprestado para ganhar rodagem, em seu lugar no elenco do Tricolor Paulista subiu da base o goleiro Thiago Couto, que ainda não fez a sua estreia pelo profissional. O contrato de Dênis com o São Paulo vai até 30 de junho de 2022.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorA chance de fazer uma limpeza | OPINIÃO
Próximo PostSão Paulo pode ter novidades contra a Chapecoense; Veja fotos do treino desta quinta