Foto: São Paulo

O técnico Fernando Diniz foi demitido e Brenner foi vendido ao FC Cinncinati, dos Estados Unidos. Quem será o próximo, ou melhor, quem serão os próximos a sair do São Paulo?

Não dá para mexer tão pouco em um elenco que foi eliminado de todas as competições que disputou e perdeu um título ganho. Brenner, artilheiro do time na temporada, foi negociado e rendeu um bom retorno financeiro aos cofres do clube, o que já era esperado. A demissão de Diniz era apenas questão de tempo depois da sequência ridícula de resultados negativos, problemas etc.

E os demais? O elenco são-paulino conta atualmente com jogadores que custam muito caro e pouco dão retorno, que além de apresentar um futebol pífio não tem vontade, respeito e que não demonstram que entendem o tamanho da responsabilidade que é vestir a camisa Tricolor.

Deu-se início uma nova gestão do clube, que foi a responsável por escolher o novo treinador que, ao que tudo indica, será Hernán Crespo, mas o que ele terá de diferente para trabalhar? Terá as mesmas peças? É mais do que nítido que o São Paulo precisa de uma grande reformulação, que realmente cause impacto, pois já estamos cansados de repetir que não é apenas a troca de técnico que resolve os problemas.

Precisamos de contratações pontuais que apresentem bom custo-benefício, afinal o clube precisa sanar as dívidas e tem em seu orçamento que pode gastar R$37 milhões em contratações. Então, é preciso analisar bem o mercado e fazer boas negociações como a de Luciano que foi envolvido na troca com o Everton que foi para o Grêmio.

Todavia, tudo agora passará pela análise do novo técnico que decidirá como será aproveitado o elenco, quem será utilizado, quem volta de empréstimo e será reintegrado ou pode ser negociado, quem deve chegar como reforço. Enfim, tudo dependerá muito do anúncio que deve ser feito em breve do novo comandante da equipe.

Que possam ser feitas boas escolhas e quem não quer ficar no time, por favor, apenas vá. O São Paulo precisa de jogadores que tenham identidade com o clube, deem a vida dentro de campo, entendam o momento vivido e tenham uma vontade absurda de tirar o time da fila de títulos.

A nova temporada está chegando e até o momento não conseguimos uma vitória sequer, não dá para continuar assim, porque caso isso tenha sequência dá para imaginar o quão desastroso será o ano para o São Paulo.

Não quero citar nomes de quem eu dispensaria do time, mas você, assim como eu, já tem na mente quem poderia facilmente deixar a equipe que não faria falta alguma, muito pelo contrário, será demasiadamente benéfico.

Ficamos na expectativa de tempos melhores…e estamos nessa há oito anos.

Salve o Tricolor Paulista…

*A opinião do colunista não reflete a opinião do site

Foto: São Paulo