A maior atuação de Zetti com a camisa Tricolor

O dia era 27 de abril de 1994, aniversário de 54 anos do Estádio do Pacaembu. O estádio não via um confronto entre São Paulo e Palmeiras, desde a final do Paulistão de 1972.

A partida marcou o que foi para muitos, a maior atuação de Zetti, não apenas com a camisa do São Paulo, mas de toda sua vitoriosa carreira.

São Paulo e Palmeiras protagonizavam os maiores duelos do futebol brasileiro naquela época e a rivalidade se estendia até aos treinadores Vanderlei Luxemburgo e Telê Santana. Desta vez, o duelo era o jogo de ida, no confronto de oitavas de final da Copa Libertadores de 1994. De um lado, o Tricolor, atual bicampeão da competição, com elenco mais enfraquecido em relação aos dois anos anteriores e do outro lado, o fortíssimo time do Palmeiras, com apoio da Parmalat.
Esta partida aconteceu antes da inesquecível Copa do Mundo de 1994, com o jogo de volta, marcado após a disputa do mundial dos EUA.

Com este cenário, o favoritismo era do lado verde e isso se confirmou com o número de defesas importantes que Zetti protagonizou. Porém, a arbitragem influenciou diretamente o resultado da partida, ao não coibir as violentas entradas dos jogadores palmeirenses e não marcando um pênalti claríssimo de César Sampaio sobre Euller.

Conseguimos esta partida na íntegra para você rever ou assistir pela primeira vez, as gigantes defesas do lendário Zetti, no confronto que ajudou o Tricolor a avançar para as quartas de final da Libertadores de 1994.

Relembre e divirta-se!

São Paulo 0x0 Palmeiras
Oitavas de Final da Copa Libertadores da América 1994 (Jogo de ida)
Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Público: 17.296
Renda: Cr$ 140.285.500,00
Árbitro: João Paulo Araújo (SP)

Palmeiras: Fernández; Cláudio, Antônio Carlos, Cléber e Roberto Carlos; César Sampaio, Mazinho (Amaral), Rincón e Zinho; Edmundo (Edílson) e Evair.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

São Paulo: Zetti; Cafu, Júnior Baiano, Gilmar e André Luiz; Doriva, Axel, Leonardo (Juninho Paulista) e Jamelli (Vítor); Euller e Müller.
Técnico: Telê Santana

Receba notícias do SPFC no WhatsApp e Telegram.
Siga-nos no Instagram, no YouTube e no Twitter.

Compartilhe esta notícia