São Paulo 3 x 2 Al-Ittihad
Foto: Facebook / São Paulo FC

Quando o torcedor do São Paulo pensa no Mundial de Clubes de 2005, a primeira lembrança que vem em mente é o gol do Mineiro contra o Liverpool, seguido pelas fantásticas defesas do M1TO Rogério Ceni, porém poucos se lembram do tenso duelo contra o Al-Ittihad, da Arábia Saudita, pelas semifinais daquela competição.

Do time que terminou o Campeonato Brasileiro na 11ª colocação, o técnico Paulo Autuori recebeu o reforço de Aloísio Chulapa, que enfrentou o Tricolor na final da Libertadores pelo Athletico-PR e que se mostraria fundamental para a conquista do título.

Mesmo após o começo nervoso, o Tricolor abriu o placar aos 15 minutos, após boa jogada de Danilo, que foi à linha de fundo e cruzou para a área. Amoroso dominou no peito e chutou, contando com o desvio em um zagueiro e enganou o goleiro Zaid.

O Al-Ittihad chegou ao empate aos 32 minutos, com Noor, após rebote de Rogério Ceni em chute de Kaloon. E aos 39 minutos quase viraram o jogo, novamente com Kaloon, com grande defesa de Ceni.

No começo do segundo tempo, Amoroso coloca o Tricolor novamente na frente, após primoroso cruzamento rasteiro de Cicinho. O gol de Amoroso lembrou o segundo gol contra o Milan no Mundial de 1993, quando Leonardo cruzou rasteiro da esquerda e Toninho Cerezo finalizou sem goleiro.

Aos 12 minutos, em pênalti sofrido por Aloísio Chulapa, Rogério Ceni entrou para a história ao marcar de pênalti, o primeiro gol de um goleiro em competições FIFA. O São Paulo parecia estar com a classificação assegurada para a final, após o 3 a 1 no placar!

Embed from Getty Images

O Al-Ittihad marcou novamente aos 22 minutos, diminuindo a vantagem do Tricolor. Após cobrança de escanteio do brasileiro Tcheco, o zagueiro Al Montashari cabeceou para fazer o segundo gol dos sauditas.

O placar não foi alterado mais até o final, apesar de chances desperdiçadas dos dois lados. Com o placar final de 3 a 2 ao seu favor, o São Paulo estava classificado para a final do Mundial de Clubes de 2005 e naquele momento ainda aguardava o adversário, que somente sairia no dia seguinte, entre Liverpool e Deportivo Saprissa, da Costa Rica.

Estatísticas

Estatísticas de São Paulo 3 x 2 Al-Ittihad
Arte: Arquibancada Tricolor

Ficha Técnica

SÃO PAULO 3 X 2 AL-ITTIHAD

Data: 14 de dezembro de 2005
Local: Estádio Nacional, em Tóquio (Japão)
Árbitro: Alain Sars, auxiliado por Frederic Arnault e Vincent Texier, todos da França

Gols: Amoroso, aos 16, e Noor, aos 33 minutos do primeiro tempo. Amoroso, 1 minuto,  Rogério Ceni, de pênalti, aos 12, e Al Montashari, aos 22 minutos do segundo tempo.
 
Cartões amarelos: Mineiro, Danilo, Amoroso, Lugano e Mineiro (SP); Tukar (AL), Al Harbi (AL) e Al Montashari (AL)

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Fabão, Lugano e Edcarlos; Cicinho, Josué, Mineiro, Danilo e Júnior; Amoroso e Aloísio (Grafite).
Técnico: Paulo Autuori.

AL-ITTIHAD
Zaid; Dukhi Al Dosari (Al Harbi), Falatah, Redha Tukar e Al Montashari; Ali Khariri, Sowed (Haidar), Noor e Tcheco; Kallon e Abushgeer.
Técnico: Anghel Iordanescu

Melhores Momentos

Fotos

Embed from Getty Images

Conteúdo Relacionado

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorTricolor termina Liga de Desenvolvimento com o quarto lugar
Próximo PostJuca Kfouri: “Eu, no lugar do presidente do São Paulo, mandaria o Muricy embora imediatamente”
A equipe do Arquibancada Tricolor trabalha diariamente para trazer notícias, matérias e opiniões sobre o São Paulo FC, desde 2008. O lema 'Futebol com Humor e Opinião' conduz nosso trabalho que alcança mais de 1 milhão e 500 mil seguidores nas mídias sociais.