Confira a repercussão internacional do Majestoso
Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Pela 7ª rodada do Brasileirão, o São Paulo foi à Neo Química Arena e enfrentou o rival Corinthians, em um clássico que poderia lhe valer a liderança da competição. E isso teria ocorrido não fosse a excelente atuação do goleiro Cássio, atrelada à recuperação do adversário na segunda etapa, com o gol salvador. E o resultado do empate paulista em 1×1 ganhou repercussão na mídia internacional.

O jornal espanhol Sport apontou que o resultado de igualdade foi suficiente para manter o Corinthians na liderança do Campeonato Brasileiro. O clássico, classificado como tenso, foi marcado, de acordo com o Sport, pela boa atuação de Cássio, que impediu que o São Paulo levasse os três pontos para casa. Destacou-se o fato de Calleri ter aberto o placar para o Tricolor, uma vez que o argentino teve passagens pelo futebol de lá. E foi apontado que as substituições de Ceni não surtiram o efeito desejado. Confira a matéria completa clicando aqui.

O português A Bola enfatizou que o empate alcançado pelo rival na partida veio no período final do jogo. O diário lusitano reportou que o resultado garantiu a permanência da equipe de Vítor Pereira na liderança da competição, colocando dois pontos de diferença diante do Palmeiras do compatriota Abel Ferreira. Veja aqui.

O diário argentino Olé exaltou a atuação mais uma vez decisiva de Jonathan Calleri. O jornal realçou a artilharia do camisa 9 no Brasileirão, que marca um gol a cada 81 minutos jogados no torneio. Confira os detalhes da publicação clicando aqui. Para além do jogo, o Olé fez uma matéria específica condenando a atitude homofóbica da torcida corintiana presente no estádio. Confira aqui.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorVítor Pereira admite surpresa com formação inicial de Rogério Ceni
Próximo PostMauro Cezar não poupa críticas a Jandrei: “Goleiro meio maluco”
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.