Nomes cogitados para assumir como técnico do São Paulo

Com a demissão do técnico Fernando Diniz, a diretoria do São Paulo estuda nomes para assumir o time a partir da próxima temporada, visto que esta tem o seu término marcado para o próximo dia 24 de fevereiro, quando acontece a última rodada do Campeonato Brasileiro. Até o momento, apenas treinadores estrangeiros foram consultados, seguem alguns nomes cogitados:

MIGUEL ÁNGEL RAMÍREZ

Um dos nomes que ganha força no Morumbi é do espanhol Miguel Ángel Ramírez, que atualmente está sem clube, mas que até dezembro do ano passado estava no Independente Dell Valle, do Equador.

Segundo a UOL, desde o ano passado, o São Paulo tem conversas com Ramírez. Entre os últimos meses de 2020, o então candidato e agora presidente do clube, Julio Casares, entrou em contato com o técnico que disse o que achava do futebol desempenhado pelo Tricolor dentro de campo e do estilo implantado por Diniz.

Na época, o time ainda não havia conseguido uma boa sequência de jogos e tinha passado por diversas eliminações. Então, teve interesse de ambas as partes para que Ramírez assumisse o São Paulo em 2021. No entanto, a equipe conseguiu uma boa sequência invicta no Campeonato Brasileiro, assumindo a liderança, o que levou o treinador espanhol a se acertar verbalmente com o Internacional.

No entanto, o Colorado é o atual líder do Brasileirão sob o comando de Abel Braga e, caso aconteça a conquista do título e o treinador permaneça no time gaúcho, pode-se mudar o rumo das negociações.

ANDRÉ VILLAS-BOAS

Também se fala no técnico português André Villas-Boas, atual comandante do Olympique de Marseille, que, aliás, recentemente disse que poderia ter vindo comandar o Tricolor em 2012. Veja abaixo ou clicando aqui:

Villas-Boas chegou no time francês em julho de 2019 e já afirmou em entrevistas que provavelmente não terá seu contrato renovado para a próxima temporada.

“Acho que o fim será em junho, é normal. Com a situação atual, acho que será o fim. Não espero nada da direção neste momento, não sou uma prioridade. Não estou à espera de nada porque sou responsável pelos resultados atuais que são um desastro. Estamos a distância abismal do pódio. O próximo ano será um ano zero para o clube, e estamos a criar bases para esse futuro”.

SEBANTIÁN BECCACECE

Ex-treinador do Racing, Sebastián Beccacece, também aparece entre os nomes cogitados, segundo o jornalista da Jovem Pan, Giovanni Chacon. Ele já chegou a ser procurado por Palmeiras, Santos e Athletico Paranaense no passado. Apesar disso, não tem seu nome consolidado na argentina, visto que nunca foi campeão no país. Beccacece foi campeão da Copa América de 2015 como assistente de Jorge Sampaoli na Seleção do Chile.

VÍTOR PEREIRA

O português Vítor Pereira foi sondado pelo Tricolor. Ele, que foi bicampeão com o Porto em 2011/12 e 2012/13, está atualmente livre no mercado. Seu último trabalho foi no Shanghai SIPG, da China, onde conquistou a Liga Chinesa (2018) e a Supercopa da China (2019).

Entre os brasileiros…

TIAGO NUNES

Sem clube no momento, Tiago Nunes é visto também como uma das opções. O treinador teve o seu último trabalho realizado no Corinthians, onde ficou até setembro do ano passado. Ele já trabalhou com Rui Costa, diretor-executivo de futebol do São Paulo, quando esteve no Athletico Paranaense, onde conquistou o Campeonato Paranaense 2018, da Conmebol Sul-Americana 2018, da Levain Cup e também da Copa do Brasil 2019.

ROGÉRIO CENI

Ídolo como jogador, Rogério Ceni foi anunciado como técnico do São Paulo em novembro de 2016, deixando o cargo em julho de 2017. Atualmente, está no Flamengo, mas não tem conseguido os resultados esperados e também tem o nome no radar da diretoria Tricolor. O presidente Julio Casares falou em certa ocasião: “Sempre que o cargo estiver vago no São Paulo, o Rogério será o primeiro a ser lembrado, nossa primeira opção”.

ABEL BRAGA

Segundo Bruno Andrade, da Goal, Abel Braga recebeu sondagens do Al-Nasr, dos Emirados Árabes. Todavia, tem a intenção de permanecer no Brasil. Mesmo o Internacional tendo conversas com Miguel Ángel Ramírez, com a possível conquista do título nacional o cenário poderia mudar e Abel permanecer no time gaúcho.

Todavia, ele também tem seu nome cogitado, caso não aconteça esta renovação com o Colorado. Além disso, a possibilidade de trabalhar na capital paulista agrada o treinador.

Foto: Getty Images

Post anteriorCaiu! Fernando Diniz não é mais o técnico do São Paulo
Próximo PostRaí deixa o cargo de diretor-executivo de futebol do São Paulo
Vanessa Dias, 25 anos e sou de Araras, interior de São Paulo. Formada em Relações Públicas, especialista em Mídias Digitais e apaixonada por futebol desde que me conheço por gente. Sou parte do time desde o começo de 2018, onde trabalhamos todos os dias para que a torcida esteja sempre em conexão com o clube do coração.