Ceni teria tomado atitude importante sobre garotos de Cotia
Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Nos últimos anos, o São Paulo perdeu alguns bons atletas formados na base do clube por problemas em relação aos seus contratos. Isso ocorreu, por exemplo, com Vitinho, que evitou renovar com o clube e treina à parte desde então. Mais recentemente, Marquinhos, que foi negociado com o Arsenal, evidenciou com sua situação um imbróglio contumaz com relação a esse tipo de saída de jogador. Para evitar novos casos como esses, Ceni teria tomado uma atitude importante com relação aos egressos de Cotia.

A apuração é do jornalista Jorge Nicola. De acordo com ele, o treinador do São Paulo só colocará em campo a partir de agora jogadores que estejam de contrato renovado ou já encaminhado nesse sentido.

A partir de agora, atletas revelados em Cotia só serão utilizados no time principal se já estiverem com o contrato renovado ou pelo menos um acerto verbal. Tudo para acabar com uma série de problemas que foi bastante frequente nos últimos tempos. João Schmidt, Marquinhos Cipriano e Eder Miliitão foram os primeiros a deixar o São Paulo de graça ou praticamente de graça por terem contrato vencendo. Os casos mais recentes são os de Vitinho e de Marquinhos, sendo a gota d´água. Rogério estabeleceu que só irá escalar jogadores que tiverem contratos longos com o clube“, explanou Nicola.

Confira a informação no vídeo abaixo. Ou clique aqui.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorUm ano de Rigoni no São Paulo: ascensão meteórica, queda, controvérsia e novas chances
Próximo PostMoreira de Covid mais uma vez, meia de volta ao REFFIS e mais dois em tratamento: as últimas do São Paulo
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.