Foto: Rummens

O contrato de Rogério Ceni com o São Paulo foi praticamente emergencial. Com a saída de Hernán Crespo do comando técnico da equipe, em menos de duas horas Ceni foi anunciado e, à noite, já estava treinando com o time, no Morumbi. Segundo o próprio treinador, inclusive, o seu contrato inicial com o clube foi estritamente verbal – tipicamente fiduciário.

No dia posterior ao primeiro contato com o elenco, Ceni já teve o jogo contra o Ceará, em casa. O empate por 1×1 foi frustrante, mas não abalou o ímpeto da equipe, que demonstrou uma motivação renovada. Do jogo contra o Ceará para o do Corinthians, com algum resquício de turbulência, houve um intervalo de uma quinta para uma segunda.

Agora, para o jogo contra o Red Bull Bragantino, o técnico conta com quatro dias livres para treinos – de quarta a sábado. Rogério Ceni terá, assim, pela primeira vez uma sequência de treinamentos com a equipe e poderá preparar com mais calma o time que enfrenta o Red Bull Bragantino.

As duas equipes se enfrentarão no domingo, em Bragança Paulista. O jogo é válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2021.

Post anteriorPor questões contratuais, Helinho não poderá enfrentar o São Paulo
Próximo PostDiretoria autoriza, e Ceni concentra esforços em recuperar o futebol de Pablo
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.