Foto: Reprodução / Premiere

Antes do Majestoso da última segunda (18), o técnico Rogério Ceni consultou a diretoria sobre a possibilidade de utilizar Pablo. Pensando nas amarras contratuais que poderiam prejudicar as finanças do clube, o treinador são-paulino buscou o aval da direção antes de colocá-lo em campo – como ocorreu no momento da lesão de Calleri.

As informações são do Globo Esporte, com apuração de Alexandre Lozetti e Eduardo Rodrigues. Com isso, percebe-se que a utilização do atleta no jogo foi um ato de consulta prévia e cuidado por parte do técnico do São Paulo.

Rogério Ceni acredita que pode fazer com que o camisa 9 Tricolor volte a apresentar um futebol condizente com as expectativas. Muito criticado por parte da torcida e da imprensa, Pablo Felipe fora contratado por quase 6 milhões de euros, a maior contratação da história do clube. E um gatilho em seu contrato permitiu uma extensão até 2023 e um aumento salarial – daí as controvérsias.

Post anteriorPela primeira vez desde que chegou, Ceni terá quatro dias livres de treinos
Próximo PostCalleri revela que ligação com o São Paulo é mais forte do que com o Boca Juniors
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.