Foto: Reprodução / Conmebol

As oitavas de final da Libertadores começaram nessa terça-feira (13). O São Paulo recebeu o Racing no Morumbi e ficou apenas com um empate por 1 a 1.

Primeiro Tempo

Hernán Crespo surpreendeu na escalação e começou o jogo Welington, Rodrigo Nestor e Igor Gomes entre os titulares. O início da partida foi bastante parecido, os dois times tinham dificuldade para sair jogando e pouca criatividade nos homens de frente. A solução para ambos foi o chute de fora da área, Martínez tentou para os argentinos e Igor Vinícius para os são-paulinos. O fantasma das lesões, que assombra o São Paulo desde o início da temporada, voltou a dar as caras e foi a vez de Éder sair machucado. Não houve nenhum lance mais emocionante até que o goleiro Árias falhou e entregou a bola nos pés de Vitor Bueno, substituto de Éder, que abriu o placar. Depois disso, o Tricolor teve duas chances claras: Vitor Bueno perdeu uma oportunidade cara a cara e Rodrigo Nestor arriscou bom chute. A incompetência são-paulina para marcar foi punida nos acréscimos: Copetti igualou o placar.

Segundo Tempo

Na etapa final, o São Paulo diminuiu muito o seu ritmo e permitiu que os argentinos ficassem mais a vontade dentro do Morumbi. A criação são-paulina voltou a ser problema. Por isso, Crespo recorreu ao banco e trouxe Gabriel Sara, Benítez, Marquinhos e Tales. A equipe melhorou um pouco e teve algumas chances com Sara e Benítez tentando sempre de fora da área, enquanto que o Racing fez suas tentativas, mas parou em Volpi.

Com o resultado, o Tricolor se vê obrigado a vencer semana que vem na Argentina se quiser avançar às quartas de final.

Acompanhe o pós-jogo conosco:

Post anteriorLateral do São Paulo deixa o Tricolor após 2 temporadas
Próximo PostVitor Bueno admite erro no 1º tempo, mas exalta mérito do goleiro
Formado em jornalismo pela Faculdade das Américas. Sempre amei escrever e sempre amei o São Paulo Futebol Clube. Essas duas paixões me motivam a produzir conteúdo sobre o meu time do coração. Mas eu também gosto de falar política, história e entretenimento. Porém, já aviso que minhas opiniões não são simples a respeito de nada. O mundo é complexo e eu não sou diferente.