São Paulo é acionado por agência na justiça
Foto: Rubens Chiri

A situação financeira atual do São Paulo é bastante incômoda. A instituição deve algo em torno de 700 milhões e, mesmo com a entrada de capitais por negociatas, como no caso da provável venda de Antony, o cenário de instabilidade atormenta o time e o impede de ser competitivo nacionalmente em vários aspectos. Pois que, neste ano, o Tricolor quitou mais uma de suas dívidas – perante a Kirin, agência de jogadores. Mas a própria empresa ainda cobra um montante de 12,5 milhões de reais do clube na Justiça.

O pagamento se deu após a determinação judicial, que condenou o Tricolor a ressarcir a empresa em 120 mil reais. No ato de quitação, a dívida somou o total de 250 mil reais, com atualizações monetárias. A questão era referente a uma participação da Kirin na intermediação entre o São Paulo e o Fenerbahçe, nos idos de 2015, quando da contratação de Luís Fabiano – ídolo no Morumbi. E a empresa cobra outro valor judicialmente, no entorno de 12,5 milhões, referentes à participação em outro investimento em ídolo – desta feita, do craque Hernanes.

Existe ainda uma terceira ação, referente ao meia Jucilei. Todavia, o Tricolor ainda não foi citado nesta última demanda.

A apuração é do Globo Esporte. Clique aqui e confira.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja

Post anteriorSão Paulo é o time que mais comete faltas no Campeonato Brasileiro 2022
Próximo PostGoleiro Ederson relembra começo no São Paulo e diz que preparador do clube mentiu
Matheus Tévez é formado em Direito pela UFBA, cursa Letras, além de ser professor, escritor e articulista. Mas a sua grande virtude é ser são-paulino doente desde os tempos em que Válber doutrinava na zaga.